uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Construir sem dinheiro

Junta de Freguesia de Assentis avança para construção de lar sem financiamento garantido
Edição de 19.05.2004 | Sociedade
A Junta de Freguesia de Assentis vai avançar com a construção de um lar de idosos na localidade. O presidente prevê iniciar as obras em Setembro, apesar dos apoios financeiros ainda não estarem definidos. A freguesia de Assentis vai ter um lar de idosos, um equipamento há muito reivindicado pela população. O presidente da junta quer arrancar com a obra já em Setembro mas até agora ainda não tem a maior parte da verba necessária para a construção do edifício.Na semana passada os membros da junta reuniram com o director do Centro Distrital de Segurança Social de Santarém (CDSSS), com o presidente da Câmara de Torres Novas e com o provedor da Santa Casa da Misericórdia. O objectivo era apresentar o projecto aos potenciais parceiros e garantir o financiamento. Inicialmente estava previsto que fosse a Santa Casa a avançar com a obra, a construir junto do centro de dia, cedendo a junta de freguesia o terreno. Só que a Santa Casa da Misericórdia de Torres Novas não se mostrou disponível para agarrar no projecto, já que pretende construir um outro lar, de maior capacidade, na sede de concelho. E a prioridade do financiamento irá para aí.A junta decidiu então chamar a si a construção, cedendo depois a exploração do lar à Santa Casa.O projecto está em fase final de aprovação na Segurança Social de Santarém e o director do organismo vê com bons olhos a sua instalação, já que em sua opinião o norte do concelho de Torres Novas necessita de mais um equipamento deste género. Mas quanto ao financiamento a questão já é diferente.“Não se sabe se há ou não dinheiro do PIDDAC”, refere cauteloso António Campos, adiantando que a Segurança Social poderá dar algum apoio mas em termos de equipamento. “A construção deverá resultar de uma parceria entre a junta de freguesia, a Misericórdia e a câmara”.A Câmara de Torres Novas confirma que irá apoiar financeiramente a construção do lar de Assentis, à semelhança do que tem feito relativamente a idênticas infra-estruturas instaladas no concelho. Mas, segundo o vice-presidente da autarquia, ainda não há quaisquer valores de comparticipação definidos. “Nós ajudamos sempre mas a maior parte da verba deve ser dada pela Segurança Social”, diz Pedro Ferreira.Aparentemente ninguém ainda sabe como, quando e quem irá financiar os cerca de 350 mil euros necessários à construção do lar. Mas a junta não parece nada preocupada com essa situação. José Conde, o presidente, quer iniciar as obras já em Setembro, com o dinheiro que conseguir angariar. E depois, logo se vê.“O mais difícil é começar, depois o dinheiro há-de vir de algum lado”, remata João Filipe Gonçalves, tesoureiro da Junta de Freguesia de Assentis.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...