uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Ferro Rodrigues em Alverca

Jantar com cerca de 500 apoiantes socialistas
Edição de 19.05.2004 | Sociedade
O secretário-geral do PS, Ferro Rodrigues, lançou sexta-feira, 14 de Maio, a suspeita de que “as sucessivas ‘gaffes’ dos ministros” podem estar a servir de estratégia para Durão Barroso remodelar o Governo pouco antes das eleições europeias.O líder socialista discursou em Alverca, perante cinco centenas de militantes e apoiantes socialistas. Ferro Rodrigues referiu que a estratégia de remodelar de forma inesperada o executivo “está escrita no livro de um dos grandes patronos do PSD”, Cavaco Silva.“Até às eleições europeias vamos encontrar muitos obstáculos. Não nos podemos fiar em nenhuma sondagem das actuais ou daquelas que vão sair perto das eleições”, referiu. O líder socialista deixou ainda um recado para que o seu partido evite cair em excessos de optimismo, antes das eleições de 13 de Junho.Ainda no sentido de moderar as expectativas dos militantes do PS em relação às próximas eleições, Ferro Rodrigues sublinhou que, até hoje, “nunca aconteceu o PS, sozinho, derrotar a coligação de direita” PSD/CDS.“Se sozinhos ganharmos as eleições europeias, fica dado o sinal para as eleições autárquicas e legislativas que a coligação de direita pode perder”, disse.Ferro Rodrigues discursou após intervenções do dirigente do PS Jorge Coelho e da presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha e acusou o executivo PSD/CDS de “estar a levar o país para um abismo social”, adiantando que o PS “não permitirá que continue o ataque aos serviços públicos e, em particular, ao Serviço Nacional de Saúde”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...