uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Sede uniu caçadores

Sede uniu caçadores

Em Erra, Coruche
Edição de 19.05.2004 | Sociedade
A sede da Associação de Caçadores de Vila Nova da Erra, Coruche, tornou-se, neste último ano, o local de paragem obrigatória para todos os associados, famílias e população em geral. Habitualmente, ao fim-de-semana, o espaço é ocupado de manhã à noite. Além de ser o local onde se passam as licenças para se poder caçar na reserva, é também um espaço de convívio entre muitos habitantes desta freguesia do concelho de Coruche. A sede foi construída há pouco mais de um ano com a ajuda de todos os associados, explicou José Manuel Gaudêncio, um dos fundadores da associação. Ao fim de um ano, “pode dizer-se que a construção deste espaço justificou-se plenamente”, acrescentou. Além de uma sala de reuniões, a sede tem ainda uma sala de convívio, um bar e um salão, onde são servidas refeições.Recorde-se que a Associação de Caçadores de Vilanova da Erra foi fundada, há três anos, por um grupo amantes da caça. Rapidamente, os caçadores conseguiram convencer um grupo de proprietários da intenção de se criar uma reserva de caça associativa na zona. Neste momento, a associação conta com 64 sócios, e o número parece poder aumentar, dada a afluência de pessoas que se têm mostrado interessadas. Tal como em muitas outras reservas, também aqui são salvaguardadas todas as normas do plano cinegético de exploração, explicou António Borda de Água, presidente da direcção. Habitualmente caça-se o javali, lebre, codorniz, pombo, coelho e perdiz. Segundo aquele responsável, “a associação tem muito bons caçadores que respeitam as normas que são estabelecidas”. “O bom caçador não é aquele que mata muito, é aquele que consegue caçar segundo as nossa normas”, acrescentou José Manuel Gaudêncio. Mário Gonçalves
Sede uniu caçadores

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...