uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Agressões de Riachos resolvidas com pedido de desculpa e indemnização

Edição de 26.05.2004 | Desporto
O processo relativo às agressões ocorridas no jogo Riachense - Rio Maior, a contar para a Série D do Campeonato Nacional da Terceira Divisão da época 2002-2003, terminou com um acordo em tribunal, não sendo necessário avançar para julgamento.O caso envolveu agressões ao treinador do Rio Maior de então, Paulo Leitão, alegadamente levadas a cabo por Luís Lopes, antigo dirigente do Riachense e membro do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Santarém.Na primeira sessão, realizada no dia 17, no Tribunal de Torres Novas, as duas partes chegaram a acordo, com Luís Lopes a apresentar um pedido formal de desculpas ao ex-treinador do Rio Maior e a pagar uma indemnização correspondente às despesas de saúde apresentadas por Paulo Leitão e às custas do processo.Os arguidos desistiram de uma queixa apresentada contra Paulo Leitão.Conforme O MIRANTE noticiou na altura, Paulo Leitão foi agredido quando se dirigia para os balneários. O treinador contou que foi abordado por Luís Lopes, e quando lhe estendeu a mão para o cumprimentar foi agredido a soco. Os dois envolveram-se em troca de socos e caíram ao chão no átrio de entrada dos balneários, onde acorreram a quase totalidade dos jogadores das duas equipas. Paulo Leitão, que saiu muito maltratado da escaramuça, teve que receber assistência no hospital.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...