uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Grupos Intervenção Permanente em 2005

Grupos Intervenção Permanente em 2005

Dia Municipal do Bombeiro na Póvoa de Santa Iria
Edição de 26.05.2004 | Sociedade
Os Grupos de Intervenção Permanente no concelho de Vila Franca de Xira só devem avançar em 2005. A presidente da câmara confirmou que as negociações com as seis corporações de bombeiros continuam e garantiu que os GIPE vão avançar no início do próximo ano, mesmo sem garantias de financiamento da administração central.A novidade foi avançada no XVI Dia Municipal do Bombeiro, no domingo, na Póvoa de Santa Iria. A iniciativa juntou mais de 400 bombeiros e perto de 50 viaturas das corporações de Castanheira do Ribatejo, Vila Franca de Xira, Alhandra, Alverca, Vialonga e Póvoa de Santa Iria. A presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha aproveitou a presença do Governador Civil de Lisboa para pedir a José Lino Ramos que cumpra antigas promessas. “Está mais do que na hora de compensar as vítimas das cheias de 2003. Os proprietários de pequenas e médias empresas precisam de uma resposta efectiva pelas perdas irremediáveis que sofreram”, relembrou a edil. A autarca mostrou ainda o seu descontentamento face à recente transferência de responsabilidades para os municípios na área da protecção da floresta. “Onde estão os meios para fazer face a esta nova responsabilidade?” inquiriu. “A Câmara Municipal aceita este compromisso, mas não vai aceitar nunca a demissão da responsabilidade por parte do Governo. Temos todos de colaborar”, frisou. O Governador Civil de Lisboa, José Lino Ramos, reafirmou a confiança que o Governo depõe em cada corporação e salientou a disponibilidade dos soldados da paz, mesmo quando o Governo ou as estruturas de apoio falham.Coube à banda da Póvoa de Santa Iria, a corporação anfitriã, a tarefa de animar a recepção às entidades oficiais e todo o desfile. Os elementos, alguns ainda muito jovens, ajeitavam com algum frenesim as músicas, conferindo vezes sem conta a ordem das mesmas. Afinavam os instrumentos, trauteavam alguns compassos, tudo para que na altura certa nada corresse mal. O resto da manhã passou-se num salutar convívio entre as várias corporações que participaram no desfile (apeado e motorizado) que partiu do Casal da Serra, com destino ao Quartel de Bombeiros local. A animação esteve a cargo das várias fanfarras e da Banda dos Bombeiros Voluntários da Póvoa. Prendas em dia de festaA assinalar o XVI Dia Municipal do Bombeiro, cujas festividades tiveram lugar na Póvoa de Santa Iria, a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira cumpriu a tradição e atribuiu à corporação anfitriã alguns apoios financeiros para a aquisição de um compressor para carregar garrafas de oxigénio e de uma viatura para combate aos fogos.A autarquia contribuiu com cerca de 10 mil e 700 euros para a compra do compressor que ficará no quartel da Póvoa de Santa Iria, mas estará também ao serviço das restantes Corporações de Bombeiros da zona sul, Vialonga e Alverca do Ribatejo. Os quartéis mais a norte do concelho já possuem um equipamento semelhante.Para a aquisição de uma viatura de combate aos fogos, a autarquia atribuiu 30 mil euros (6 mil contos) ao Corpo de Bombeiros Voluntários da Póvoa. A corporação mostrou-se grata pelo apoio. O comandante António Carvalho espera conseguir, com a ajuda dos amigos e habitantes da cidade, verbas para pagar a totalidade da viatura, que ultrapassa os 120 mil euros (24 mil contos).
Grupos Intervenção Permanente em 2005

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...