uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Parque de campismo junto à ribeira do Alvorão

Câmara de Torres Novas parece ter encontrado o espaço que procurava há quase 30 anos

Um espaço junto à ribeira do Alvorão, na periferia de Torres Novas, deverá albergar o parque de campismo da cidade. O projecto está a ser analisado em Bruxelas.

Edição de 26.05.2004 | Sociedade
Os campistas de Torres Novas começam a poder respirar de alívio. O local onde será instalado o parque de campismo municipal da cidade parece estar definido, acabando assim com um processo que se arrasta há quase 30 anos. O parque deverá ser instalado na margem direita da ribeira do Alvorão, junto ao Vale, onde no fim-de-semana decorreu um encontro de campistas.A decisão definitiva ainda não foi tomada, mas tudo indica que o terreno logo no início da estrada do Alvorão, para quem vem de Torres Novas, será o espaço escolhido. Um dos problemas que se colocavam era o facto de se tratar de leito de cheia e de ser uma zona protegida, onde é proibido construir imóveis.“Não há problema nenhum nesse sentido. As instalações podem ser amovíveis, basta melhorar o que já está feito”, esclarece Mário Mota, vereador da Câmara Municipal de Torres Novas e presidente da assembleia geral do Clube de Campismo Torrejano.Na zona - que carece de algumas melhorias, nomeadamente plantação de árvores para sombreamento e, no futuro, relva - foram montados pavilhões pré-fabricados que servem de sala de convívio, balneários e outras instalações necessárias ao funcionamento do parque. “Já tenho estado em parques com instalações muito piores do que estas. São pavilhões pré-fabricados, mas têm condições. Nos balneários há água quente e fria e a sala de convívio é muito espaçosa”, continua Mário Mota. Entretanto, o projecto para a instalação do parque está a ser analisado em Bruxelas e o seu orçamento ronda os 225 mil euros.O local junto à ribeira do Alvorão tem sido o mais apetecido pelos campistas e caravanistas torrejanos, embora se tenha falado em localizações bem diferentes, uma das quais próxima da freguesia da Brogueira: “Aqui estamos a dois passos da cidade e podemos acordar com o cantar dos pássaros”, reforça o vereador.Para o presidente da câmara, António Rodrigues (PS), a localização do futuro parque “pode estar encontrada”: “Andamos à procura de um espaço quando já o devemos ter encontrado”, referiu o autarca que presidiu ao I Encontro de Campistas, em Torres Novas, no sábado, dia 22 de Maio. Organizado pelo Clube de Campismo Torrejano, o primeiro encontro destes adeptos da vida ao ar livre reuniu centenas de campistas e caravanistas, representantes de 21 clubes nacionais, que não se fizeram rogados em parar as suas caravanas no espaço ainda despido de árvores. Nos dias que durou o encontro, de sexta-feira a domingo, tiveram várias actividades relacionadas com o turismo ecológico. O programa incluiu também visitas à cidade e aos arredores, em autocarros. Para que os visitantes ficassem com uma recordação de Torres Novas, um dos dirigentes do clube local produziu, em madeira, uma réplica da Rotunda do Município, situada a meio da Avenida 8 de Julho.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...