uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
“Instalação do ministério em Santarém é difícil”

“Instalação do ministério em Santarém é difícil”

Defende ex-ministro da Agricultura, Vaz Portugal
Edição de 14.07.2004 | Economia
O antigo ministro da Agricultura, Vaz Portugal, que foi também director da Estação Zootécnica Nacional, em Santarém, considera utópica a ideia do novo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes de transferir o Ministério da Agricultura para a capital de distrito. Para o ex-governante a intenção é interessante, mas muito difícil de concretizar. Vaz Portugal chegou a ter o ministério a funcionar em Santarém no ano de 1979, altura em que era ministro da pasta. Foi durante uma semana, por alturas da realização da Feira Nacional de Agricultura/Feira do Ribatejo. Na altura estava em discussão o plano de ordenamento da produção agrícola nacional e na capital de distrito, para além do ministro, estiveram os secretários de Estado e directores gerais do ministério. As iniciativas idênticas à que teve há 25 anos, defende, até são benéficas, mas a transferência de um ministério como o da Agricultura é muito complicada. Primeiro, porque os funcionários já têm a sua vida estabelecida perto do local onde trabalham. Depois, devido à grandiosidade do ministério com muitos responsáveis e departamentos. Vaz Portugal sublinha que nunca lhe passou pela cabeça fazer a descentralização do ministério. Ao contrário, defendeu a concentração dos vários serviços espalhados por Lisboa para aumentar a produtividade e a eficácia. O antigo ministro até acha que o ministro pode instalar-se em Santarém e trabalhar com os outros ministérios através de vídeo-conferência. Mas se a ideia é colocar só o responsável da pasta na cidade, então considera que a ideia é demagógica. Para que as coisas possam funcionar é preciso instalar também uma vasta equipa que depende do ministro. E isso, reforça, é “difícil”.
“Instalação do ministério em Santarém é difícil”

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...