uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Disparou sobre a mulher e matou-se

Disparou sobre a mulher e matou-se

Tragédia familiar em Vila Franca de Xira

Um homem suicidou-se com um tiro na cabeça depois de disparar dois tiros sobre a esposa. A mulher está livre de perigo e a tragédia aconteceu na noite de 6 de Julho no Bom Retiro, Vila Franca de Xira. O casal tem duas filhas.

Edição de 13.07.2004 | Sociedade
Os vizinhos ainda não recuperaram do choque de ver os dois corpos estendidos no chão e a agonia das vítimas. Na noite de terça-feira, 6 de Julho, cerca das 23h00, a tragédia invadiu o bairro do Bom Retiro em Vila Franca de Xira.António Grilo, 41 anos, suicidou-se com um tiro de pistola na cabeça depois de ter baleado a mulher com dois tiros.Maria Etelvina Norte, 40 anos, foi atingida na barriga e num braço, mas está livre de perigo. Na terça-feira, 13 de Julho, permanecia internada no Hospital de Vila Franca de Xira já com o corpo do marido sepultado. António Grilo teve morte imediata. A bala perfurou-lhe o crânio com perda de massa encefálica. O casal deixou duas filhas de seis e 18 anos.O MIRANTE foi ao local da tragédia e apurou que o homem esteve no café “Flor do Bom Retiro”, que fica a escassos metros do local do crime. Segundo Custódia Soares, dona do café, António Grilo comprou tabaco e várias cervejas que foi beber para o carro estacionado à porta da casa, onde teria vivido com a família, na Rua Eça de Queirós.A comerciante contou que o homem estava calmo e terá dito que tinha deixado a chave dentro da casa e que esperava que a esposa lhe abrisse a porta.Em má hora, a mulher chegou. Depois de uma acalorada discussão, Bina, como era conhecida, foi atingida por duas vezes na barriga e num braço, perante a estranheza e a dor de uma irmã que assistiu a tudo.Ao ver a esposa caída, o homicida disparou um tiro fatal na cabeça depois de um disparo que atingiu o vidro duma carrinha estacionada no local.Custódia Soares nem queria acreditar no que estava a ver. Os dois corpos ficaram caídos no asfalto onde permanecem as manchas de sangue. Apesar dos esforços dos Bombeiros de Vila Franca de Xira e da equipa médica do INEM, não foi possível salvar o homem. A mulher, que esteve sempre consciente, seguiu estabilizada para o hospital que fica a 500 metros do local.Os vizinhos explicaram que o casal era discreto e nada previa este desfecho. Consideraram o autor dos disparos como um homem calmo e educado e disseram que nunca tiveram razão de queixa da família que não convivia muito no bairro onde vivia.Nelson Silva Lopes
Disparou sobre a mulher e matou-se

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...