uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Fogo ameaçou picadeiro em Constância

Bombeiros combateram seis incêndios no distrito de Santarém
Edição de 13.07.2004 | Sociedade
Com o regresso do calor as chamas fizeram-se novamente sentir na região. Na segunda-feira, as instalações de um picadeiro em Constância estiveram ameaçadas pelo fogo. Arderam centenas de fardos de palha e um telheiro.Os bombeiros do distrito de Santarém acorreram na tarde de segunda-feira, 12 de Junho, a seis incêndios florestais e rurais nos concelhos de Tomar, Ourém e Constância, todos dominados nesse dia. O incêndio mais grave ocorreu em Constância. Deflagrou cerca das 15h30, junto ao Observatório Astronómico, e rapidamente se propagou a uma vasta área de floresta e mato. Combatido por 93 bombeiros e 25 viaturas de dez corpos de bombeiros, o fogo foi dado como circunscrito por volta das cinco e meia da tarde.As chamas destruíram uma vasta área de floresta e mato e colocaram em perigo o picadeiro coberto da Quinta de Santa Bárbara e os cavalos que ali se encontravam. Nesse local, ainda arderam totalmente algumas centenas de fardos de palha e o telheiro que os albergava. Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro, 64 bombeiros e 17 viaturas de 11 corporações estiveram envolvidas no combate a um incêndio que deflagrou, às 14h40, em Aboboreiras (Tomar), tendo sido apoiados por dois helicópteros. O fogo, em área de floresta, foi dado como circunscrito cerca de uma hora depois.Um outro foco de incêndio surgiu às 17h40 na mesma zona, tendo sido extinto cerca de meia hora depois, graças à intervenção de 28 bombeiros e sete viaturas de quatro corporações.Em Seiça (Ourém) deflagraram dois incêndios, um às 14h45, em área florestal, que foi combatido por 15 elementos e três viaturas de dois corpos de bombeiros, tendo sido extinto às 15h20, e outro em Carrascal, rural, circunscrito às 18h30, depois de terem sido enviados para o local 19 bombeiros e cinco viaturas. Ainda no concelho de Ourém, 17 bombeiros e quatro viaturas de três corporações combateram um incêndio florestal em Matas Espite.Já esta terça-feira, três incêndios deflagraram no concelho de Tomar. Em Casas Velhas, freguesia de Além da Ribeira, verificou-se o maior incêndio combatido por dez corporações de bombeiros. O fogo ultrapassou a fronteira de Tomar, entrando no concelho de Ourém, queimando mato e feno.Em Delongo, Paialvo, arderam mais de cem oliveiras de uma propriedade privada, com bombeiros de cinco corporações a combaterem as chamas. Os soldados da paz de Tomar tiveram também que apagar um terceiro incêndio, que deflagrou em Manobra, freguesia de Alviobeira. De acordo com o segundo comandante dos Bombeiros Municipais de Tomar, os três incêndios estavam em fase de rescaldo ao final da tarde.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...