uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Roubou camião do lixo para ir a funeral

Roubou camião do lixo para ir a funeral

Chaves do veículo da Câmara do Cartaxo estavam na ignição

Um jovem de 21 anos, residente em Vale da Pinta, Cartaxo, roubou um camião do lixo do parque de máquinas da câmara. A ideia era ir ao funeral de um familiar, mas o veículo acabou por ser interceptado a meio do caminho.

Edição de 13.07.2004 | Sociedade
Passavam alguns minutos das dez da noite de quinta-feira quando Miguel, 21 anos, residente na freguesia de Vale da Pinta, Cartaxo, decidiu subir o poste junto ao parque de máquinas da câmara municipal, saltar o muro e roubar o mais novo e mais caro veículo de recolha do lixo.A suposta morte de um primo, assassinado a tiro em Espanha, que seria enterrado na manhã seguinte em Pernes, levou o jovem servente, natural de São Vicente do Paúl (Santarém), a não pensar duas vezes. “Passei ali no fim de jantar e já estava bêbedo. Não sei dizer o que me passou pela cabeça e peguei no camião”, confidencia o jovem de olhos presos no chão. O MIRANTE contactou a Junta de Freguesia de Pernes, que garantiu não ter havido qualquer funeral na vila na manhã de sexta-feira.Miguel não tem carta de condução, mas ainda assim aventurou-se ao volante do camião, recorrendo aos ensinamentos de um familiar, que o iniciou nas artes de manobrar veículos pesados no país vizinho.Como acontece com todos os camiões de transporte do lixo da Câmara do Cartaxo, a chave do veículo encontrava-se na ignição, o que facilitou o trabalho do jovem. Miguel ainda abriu o portão do parque de máquinas, mas calculou mal a dimensão do veículo e acabou por danificar a entrada. À saída do parque amolgou pelo menos três veículos que se encontravam estacionados na zona.Durante a viagem o jovem não teve qualquer problema em conduzir o carro. “Danifiquei os automóveis porque levava os espelhos fechados e já não tive tempo de os abrir”, explica.O casal que vive no parque de máquinas da câmara só foi alertado pelo estrondo do camião quando este bateu contra o portão. A PSP do Cartaxo foi avisada por volta das 22h50 e deu o alerta a todas as unidades policiais da área. Ao mesmo tempo Miguel seguia rumo a Pernes pela estrada secundária de Almoster. A viagem só terminou já perto de Santarém, quando o motor do veículo foi abaixo.A patrulha da Brigada de Trânsito, que já tinha conhecimento do furto, avistou o veículo na avenida de acesso a São Domingos, junto ao hipermercado Feira Nova, em Santarém, e estacionou atrás do camião do lixo. Segundo fonte das Relações Públicas da GNR, o carro de patrulha acabou por ficar danificado porque o condutor deixou descair o veículo provocando algumas amolgadelas. O jovem não ofereceu qualquer resistência.À distância de algumas horas, Miguel lamenta o que aconteceu e assegura que a sua intenção era devolver o veículo. Não lhe ocorreu apanhar boleia ou tão pouco recorrer a um transporte público. “Àquela hora não há autocarros”, justifica.O indivíduo, que há uma semana tinha sido apanhado com uma viatura ligeira de mercadorias furtada no Cartaxo, foi detido pela prática dos crimes de furto de veículo, condução sem habilitação legal e condução sob o efeito de álcool (acima de 1,2 gramas por litro de sangue). O jovem, ouvido na manhã de sexta-feira no Tribunal de Santarém, irá aguardar julgamento em liberdade, mas ficará obrigado a apresentações semanais no posto da GNR.Não há vítimas a lamentar, mas os estragos no veículo, avaliado em 130 mil euros, rondam os 1250 euros. O vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Ribeiro, disse ao nosso jornal que a autarquia está agora a ponderar recorrer a segurança privada para reforçar a vigilância no parque de máquinas.
Roubou camião do lixo para ir a funeral

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...