uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Paulo Antunes vence Triatlo do Tejo

Paulo Antunes vence Triatlo do Tejo

Com partida em Valada, passagem por Azambuja e chegada no Cartaxo

O atleta do Clube Futebol “Os Belenenses”, Paulo Antunes, venceu, isolado, o Triatlo do Tejo, prova que partiu de Valada e passou por Azambuja, Aveiras de Cima até à chegada no Cartaxo, na tarde de sábado. Sarah Moniz, do mesmo clube, foi a primeira mulher, no vigésimo lugar da geral. Uma verdadeira prova para homens e mulheres de ferro que tiveram de completar 1.500 metros a nadar, 40 quilómetros de ciclismo e dez quilómetros de atletismo.

Edição de 21.07.2004 | Desporto
A prova rainha do triatlo passou pelos concelhos de Azambuja e Cartaxo, na tarde de sábado, em que cerca de 60 atletas cumpriram a distância olímpica: 1500 metros a nadar, 40 quilómetros a pedalar e dez mil metros a correr.O IV Triatlo do Tejo acabou por ter um vencedor esperado, já que o favorito e actual campeão nacional, Paulo Antunes, do Belenenses, venceu destacado a prova. As águas do rio Tejo, em Valada (Cartaxo) foram um forte teste para todos os atletas, que tiveram de percorrer 1500 num trajecto à volta de cinco bóias.E aí, Paulo Antunes cedo se destacou, ao tomar a dianteira com cerca de um minuto de vantagem sobre as segundas, as triatletas Sarah Moniz e Joa-na Guerra, ambas suas colegas de clube.Mas foi no sector de ciclismo que a vitória do triatleta do Belenenses se começou a desenhar. Apesar do forte vento que soprou contra durante o percurso, foi a pedalar que Paulo Antunes ganhou a vantagem decisiva, tendo chegado a dispor de quase cinco minutos, quando seguia a meio da variante entre Cartaxo e Aveiras de Cima.Por esta altura, já a classificação atrás do líder da corrida se tinha alterado. Sérgio Marques, do IPODEC/Tri-Oei-ras.com, o mais directo adversário de Paulo Antunes, seguia isolado no segundo posto, com mais dois grupos de quatro unidades na sua perseguição. Na viragem da Guarita, para Aveiras de Cima, a distância manteve-se, apenas com os dois grupos perseguidores a aproximarem-se um do outro, sem que chegassem à união. Sozinho na frente, Paulo Antunes chegou ao Cartaxo sem grandes problemas. Desmontou da bicicleta para percorrer quatro voltas a um circuito citadino de subidas e descidas, acabando por completar a prova em 2:01:08 horas, na praça 15 de Dezembro, frente à Câmara do Cartaxo, perante o aplauso de público em bom número.A dúvida era então quem ficaria no segundo posto, mas Sérgio Marques, que também faz grande parte da prova isolado, resistiu bem, cruzando a meta a 5:13 minutos do vencedor. No último lugar do pódio, chegou Rui Rodrigues (Tri-Oeste), 29 segundos depois de Sérgio Marques.Vitória moralizadoraCom uma vitória tranquila, Paulo Antunes, cumpriu os objectivos e ganhou confiança. “Queria fazer a prova isolado desde o início e consegui-o, especialmente logo a partir da natação. Aumentei a vantagem no sector de ciclismo, o que me transmitiu maior confiança e, na parte final, o vento a favor ajudou, porque já estava bem cansado”, analisou à nossa reportagem.Já na fase de corrida no circuito de quatro voltas no centro do Cartaxo, Paulo Antunes optou por forçar o andamento nas duas primeiras voltas, enquanto nas duas últimas teve num ritmo mais descomprimido.Em relação à organização, o triatleta do Belenenses, disse ter gostado do percurso, salientando não ter havido qualquer problema em relação ao trânsito, até porque foi sempre na dianteira junto aos batedores da GNR.De resto, o que fica de uma prova tão exigente é o cansaço e a recuperação necessária. “A seguir a uma prova destas fica-se sempre bastante cansado. No dia seguinte, as pernas ficam mais pesadas e doridas mas para a semana há mais”, referiu.No sector feminino, a luta resumiu-se, durante grande parte, a Sarah Moniz e Joana Guerra, ambas do Belenenses. Separadas por escassos segundos no final da prova de natação, a distância entre ambas abriu no ciclismo e na corrida, com Sarah Moniz a chegar à meta no vigésimo lugar da geral, com 2:19:12 horas. Menos cerca de 24 minutos que a sua adversária, que ainda foi ultrapassada por Maria João Madeira (Belenenses) na última volta de corrida. Refira-se a ausência de Maria Areosa, do clube de natação do Cartaxo, que não competiu devido a lesão.Num triatlo com cerca de 60 participantes apenas 44 chegaram ao fim da dura prova. Antes da competição olímpica realizou-se a prova de super-sprint, para atletas mais novos, e com distâncias menos exigentes. Trezentos e cinquenta metros de natação, 12 quilómetros de ciclismo e 2,5 quilómetros de atletismo. Miguel Arraiolos saiu da água em simultâneo com José Águas, prosseguiram em conjunto no ciclismo, a que se juntou Pedro Reis, do Clube de Natação do Cartaxo, mas no sector de atletismo foi Miguel Arraiolos que se impôs, à frente do triatleta da casa.
Paulo Antunes vence Triatlo do Tejo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...