uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Vedação para evitar acidentes

Vedação para evitar acidentes

Renova nega ter “privatizado nascente do Almonda”Vedação para evitar acidentes

A fábrica de papel do Almonda, instalada junto à nascente do rio com o mesmo nome, colocou uma rede que dificulta o acesso a uma represa existente no local. A medida não caiu bem entre a população mas a empresa diz que apenas quer prevenir acidentes.

Edição de 04.08.2004 | Sociedade
A Renova decidiu colocar uma rede de dois metros, com uma porta fechada no trinco para proteger o acesso à barragem na nascente do rio Almonda. A intenção, segundo Luís Saramago um dos responsáveis pela Fábrica de Papel do Almonda, foi ciar um obstáculo ao livre acesso de crianças, para evitar acidentes.“A empresa não vedou o acesso à nascente, a porta pode ser aberta por um adulto, mas alerta para o perigo que corre quem tentar entrar na barragem”, esclarece o responsável.Além da porta poder ser aberta por um adulto é possível contornar a rede porque o acesso não está vedado. Nesta barragem estão colocadas turbinas da fábrica que podem ser accionadas o que ainda torna a “piscina” mais perigosa.Para a parte de baixo, onde ainda se encontra as pedras utilizadas antigamente para lavar a roupa o acesso não foi alterado. No entanto, a colocação da rede nas margens da nascente causou algumas reacções adversas por parte da população.“Sabemos que esta é uma zona sensível”, afirma Luís Saramago para prosseguir: “Por isso não impedimos o acesso, alertamos para o perigo e se acontecesse algum acidente quem era o responsável?” questiona. Desta forma, a Renova entende que chama a atenção para a perigosidade da zona, colocando a rede e fixando na porta um aviso indicando “perigo de afogamento”.
Vedação para evitar acidentes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...