uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Cinzas do mestre continuam no local

Edição de 10.08.2004 | Política
As cinzas de Martins Correia vão continuar na entrada lateral do edifício, que vai ficar fechada ao público. Segundo o presidente da Câmara da Golegã, Veiga Maltez, a memória do mestre deve ficar ligada ao edifício. Martins Correia nasceu em 1910 na Golegã. Estudou Belas-Artes e foi professor das Escolas Técnicas e posteriormente assistente na Escola Superior de Belas-Artes. Dedicou-se ao desenho, pintura e escultura, somando vários prémios nacionais e internacionais. As suas obras podem ser observadas no Equuspolis da Golegã.O escultor e pintor morreu aos 89 anos no Hospital Egas Moniz, onde estava internado, no dia 30 de Julho de 1999. As suas cinzas forma colocadas à porta do museu no dia 11 de Agosto, no dia do eclipse solar.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...