uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

O receio das passagens de peões

Edição de 10.08.2004 | Sociedade
As passagens de peões que ainda existem ao longo das linhas de caminho de ferro são o maior receio da maquinista Carla Menau. “As pessoas não têm a noção que o comboio não pára. Há grande falta de respeito por parte das pessoas que mesmo avistando o comboio atravessam a passadeira sem pensar que pode não parar”, alerta.Até hoje não teve nenhum dia negro, mas já apanhou alguns sustos com pessoas que atravessam a linha de repente. “Ficamos com uma sensação de impotência porque quando avistamos alguma coisa, por mais que tentemos, não conseguimos parar”.Muita atenção e um elevado grau de concentração são dois requisitos importantes que o maquinista deve ter em mente. “Transportamos a vida de muitas pessoas todos os dias e é uma grande responsabilidade. Requer mais esforço a nível psicológico do que propriamente físico. Há erros que podem ser fatais”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...