uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Carta aberta ao vereador do Pelouro do Trânsito da C. M. de Santarém

Edição de 17.08.2004 | O Mirante dos Leitores
Sinto a obrigação de ter de me dirigir a V. Ex.ª, em virtude de ter ignorado sistematicamente as várias recomendações relacionadas com o trânsito e a segurança rodoviária, onde certa sinalização considerada obsoleta ou a ausência da mesma demonstram um total desprezo pela segurança e vida dos cidadãos.Não bastam as promessas que irá proceder em conformidade, quando, desde o início do seu mandato, tem demonstrado, como o seu antecessor, um certo laxismo ou desleixo naquilo que deveria ser uma preocupação constante. Também dispenso os elogios, antes preferia que se mudassem as atitudes. Agora que está a decorrer a campanha da Prevenção Rodoviária – É Melhor Parar Por Aqui - continuam por reavivar as marcações de muitas passadeiras tanto no Bairro de S. Domingos como no resto da cidade, incluindo a instalação e beneficiação da sinalização vertical. É imperdoável que por exemplo se instalassem lombas e não houvesse a preocupação de assinalar a existência da Escola Primária da Ribeira de Santarém assim como da passadeira!Reportando-me às obras a decorrer no largo Cândido dos Reis, com interrupção da via principal, V. Ex.ª deveria saber que é sempre necessário colocar painéis com a indicação de obras, devidamente sinalizadas, com placas com a indicação de DESVIO, até se retomar novamente a via interrompida. Deveria saber também que é aconselhável ter em atenção os peões que circulam nas imediações, principalmente idosos e crianças, mandando colocar tabuleiros ou corredores e respectivas vedações, assim como mandar vedar convenientemente as valas abertas. Actualmente, os peões vêem-se gregos no meio de tanta confusão. Parece, sim, existir a lei do desenrasca. Deveria ainda saber que estamos num período de férias com a visita e passagem de muitos forasteiros que precisam de ser devidamente informados. Ainda, recentemente, quem procedesse do antigo hospital ou do Cartaxo (Nac. 3) encontrava simultaneamente dois sinais, um correcto, com a indicação de contornar o obstáculo pela esquerda e outro colocado incorrectamente, pois obrigava a virar à direita, para a rua Pedro de Santarém que até tem o sinal de sentido proibido! Já agora também deveria saber que obrigar os automobilistas a fazer inversão de marcha na rua Elias Garcia é de puro masoquismo. Estando a rua João Afonso interrompida por motivo de obras, não custava nada colocar, provisoriamente, junto aos correios, o sinal de rua sem saída. Os visitantes e munícipes mereciam mais respeito e consideração.Com os melhores cumprimentosSilvino de Oliveira Domingos - Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...