uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Gozar férias ao serviço da comunidade

Gozar férias ao serviço da comunidade

Voluntários da Aliança estão em Abrantes

Vêm de todas as partes do país e juntam-se uma vez por ano para trabalhar em prol da comunidade. Pertencem à Aliança Associação Sócio-Cultural, sediada no Porto, e este ano montaram arraiais na Praça Barão da Batalha, em Abrantes, onde vão permanecer até dia 28.

Edição de 25.08.2004 | Sociedade
Anualmente os membros da Aliança, associação sem fins lucrativos, criada no Porto em 1990 e desde 1996 pertencente às organizações não governamentais para o desenvolvimento, dedicam duas semanas das suas férias à comunidade. Contactam com as câmaras municipais e com apoios de ordem logística desenvolvem a sua acção de voluntariado. Promovem rastreios, fazem conferências, têm actividades para as crianças e espectáculos cénicos, de música e de dança para toda a gente.Este ano, o local escolhido foi Abrantes e diariamente a partir das 17 horas a praça Barão da Batalha enche-se de gente para num ápice saber como anda a sua tensão arterial, os níveis de glicemia e colesterol ou a capacidade respiratória. Em linhas gerais quais os riscos de sofrer doenças cardiovasculares. Os toldos estão montados ao longo do recinto, onde também foi instalado um palco para espectáculos. Os interessados fazem a sua inscrição, aguardam vez e começam a jornada com a medição da altura e do peso, depois ficam a saber qual a sua massa gorda e seguem por aí fora com os testes. No final, a oferta de uma garrafa de água antecede uma breve massagem à zona cervical e o aconselhamento do médico.O aparato dá nas vistas e nem que seja por curiosidade as pessoas acabam por fazer os testes. E tal como os promotores da acção há pacientes de todas as idades. Famílias inteiras. “É gratuito não custa tentar” é das expressões mais ouvidas.Enoque Pinto, vice-presidente da Aliança, numa breve estatística disse a O MIRANTE que a participação dos abrantinos nesta acção tem sido boa tendo em conta o período de férias. Enoque Pinto é gestor de uma empresa e entrou para a associação em 1994 movido pela necessidade de servir a comunidade.“Vamos sempre encontrando pessoas que querem integrar a associação nas terras onde exercemos a nossa acção”, esclarece o vice-presidente adiantando que por questões funcionais não é aconselhável haver muito mais de 50 associados. “Como temos sempre candidatos em lista de espera quando saem elementos contactamos novos”.Os rastreios de saúde em Abrantes estão a ser feitos em colaboração com a Associação Internacional Temperança, mas as actividades lúdicas e culturais são da responsabilidade da Aliança.“Como temos profissionais de todas as áreas, conseguimos montar os nossos próprios espectáculos, porque uns sabem música, outros dança ou teatro. Quando é necessário recorremos a profissionais”, continua Enoque Pinto. São estudantes, médicos, gestores, psicólogos ou exercem qualquer outra actividade profissional, porque o que une as cerca de seis dezenas de associados da Aliança é o voluntariado. Para tanto, pedem apoio às câmaras municipais do país e entre as que respondem favoravelmente à solicitação escolhem onde actuar. Em Abrantes, a Praça Barão da Batalha foi o palco principal das actividades da Aliança, mas também houve iniciativas no castelo para os mais novos e as conferências decorreram na Biblioteca António Botto. Margarida Trincão
Gozar férias ao serviço da comunidade

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...