uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Associação de Futebol de Santarém aborda questão da fiscalidade

O presidente da Associação de Futebol de Santarém (AFS), Rui Manhoso, aproveitou a reunião das associações distritais de futebol todo o país, que se realizou no último sábado, em Leiria, para voltar a abordar a questão da fiscalidade, nomeadamente a acção fiscalizadora dos serviços em Santarém.

Edição de 08.09.2004 | Desporto
Segundo o dirigente, “foi agradável verificar que as restantes associações presentes demonstraram a sua solidariedade para com os clubes do distrito de Santarém que foram abrangidos nessa actividade fiscalizadora das finanças, mas pelo facto de tal acontecer apenas em Santarém não foi possível ponderar qualquer acção conjunta”.Numa nota de imprensa distribuída na terça-feira à tarde, a AFS refere que tendo em atenção as notificações dos relatórios de inspecção tributária apresentadas pelo serviço de finanças de Santarém a alguns dos clubes filiados, irá ser feita uma abordagem do tema fiscalidade com o presidente do Conselho de Contas da AF Santarém, João Careca, e dois elementos de reconhecido valor nesta matéria indicados pela Federação Portuguesa de Futebol, para estudo e defesa dos clubes do nosso distrito.“Caso seja encontrada matéria digna de contestação da parte da AF Santarém e da Federação Portuguesa de Futebol, a mesma avançará seguindo as normas legais”, pode ler-se no comunicado.Santarém a um voto da Comissão DelegadaNa reunião de associações de futebol em Leiria foi também eleita a Comissão Delegada para a presente época, organismo que ficou encarregue da defesa intransigente de todas as associações e dos clubes que as integram junto dos órgãos próprios.A Associação de Futebol de Santarém ficou a um voto de ser eleita para esta comissão, em que houve a recondução dos cinco elementos que já faziam parte da anterior (representando as associações de Lisboa, Porto, Braga, Setúbal e Coimbra que receberam oito votos cada). Por ordem das mais votadas seguiram-se a AFS e o Algarve (seis votos), Leiria e Aveiro (4).De entre um vasto leque de temas agendados foram abordadas as questões do seguro desportivo, policiamento, lei de bases e a reformulação dos campeonatos. Amplamente abordada foi a situação da suspensão dos campeonatos da segunda e terceira divisões de futsal devido à falta de pagamento aos clubes e equipas de arbitragem das comparticipações respeitantes às deslocações às ilhas.Foi agendada uma nova reunião para dentro de 60 dias, com o intuito de se fazer o ponto da situação dos problemas agora levantados e que necessitam de uma rápida resolução.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...