uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Ganhar jogos sem a pressão da classificação

Grupo Desportivo de Benavente mantém grande parte do plantel e almeja a tranquilidade

O Grupo Desportivo de Benavente, que na época 2004/2005 vai jogar na primeira Divisão Distrital, quer realizar um campeonato tranquilo e evitar o sofrimento da época transacta em que apenas garantiu a manutenção a algumas jornadas do fim.

Edição de 08.09.2004 | Desporto
O plantel mantém os principais jogadores a que se juntam reforços como Mantas (ex-U. Almeirim), Paulino e Padinha, vindos do Coruchense, e Correia, experiente médio que alinhava no Marinhais. Mas a novidade está no banco, com Alberto Varandas, ex-jogador do clube e técnico nas camadas jovens, a assumir o comando técnico da equipa.Aos 39 anos, o tecnico inicia a carreira no escalão sénior e propõe-se atingir os objectivos delineados pela comissão administrativa que há dois meses gere o clube: obter uma classificação tranquila.“Como não conhecemos as outras equipas vamos pensar jogo a jogo a apostar em ganhar. Se fossemos a olhar à ambição de cada um, lutaríamos por andar no topo da tabela. Mas só no decorrer do campeonato é que podemos ver o que valemos”, indicou Alberto Varandas, acrescentando no entanto que, pelas últimas épocas, se podem apontar equipas como o U. Santarém, Amiense, Coruchense e Ouriquense, como as mais reforçadas.Grande parte dos jogadores do Benavente transita da época anterior e os reforços contratados são jogadores de méritos reconhecidos, a que se juntam os juniores do clube - André Teixeira, Nuno, Sérgio e Durães. “Há estabilidade no plantel e, com os reforços, pensamos que a equipa fica um pouco mais forte”, analisa o técnico. Na primeira partida do campeonato, o Benavente desloca-se a Almeirim para defrontar o União local. Varandas considera o clube almeirinense uma incógnita porque desceu de divisão e reforçou-se com jogadores do distrital, mantendo alguns que jogaram no nacional. “Vamos lá para ganhar”, assegura.Até à data o Benavente efectuou quatro partidas. Frente ao Alhandra triunfou por 3-2, empatando de seguida com o Ouriquense a uma bola. As duas derrotas aconteceram no torneio da Castanheira, frente à AREPA (1-2) e Vila Nova da Rainha (2-3).Joaquim Ganhão, elemento da comissão administrativa que gere o Benavente há cerca de dois meses, diz que a aposta é na continuidade, compondo um plantel de juventude e experiência. “Queremos formar jogadores sem pressão de classificações”, garante. O orçamento ronda os 50 mil euros anuais. Alex, avançado brasileiro que militou no Samora Correia encontra-se à experiência no clube, podendo vir a integrar o plantel. Por definir está a situação de José Mário, Sérgio Fernandes e Hélio, que se encontram lesionados mas podem vir a integrar o grupo de trabalho.O plantel à ordens de Alberto Varandas é composto pelos guarda-redes Matos, Paleta e Nuno (ex-Júnior); O sector defensivo conta com Buchadas, Padinha e Paulino (ambos ex-Coruchense), Badalo, João Ricardo, Parracho, Cação, Santinho e Sérgio (ex-júnior). Tocha, Rui Grilo, Bruno Daniel, Nuno Gaiato, Benjamim, Durães (ex-júnior) e Paulo Lage são os meio-campistas, enquanto no sector atacante pontificam Mantas (ex-U.Almeirim), Jorge Ribeiro e André Teixeira (ex-júnior).

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...