uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Palhaçadas, marionetas e o trapezista voador

Edição de 15.09.2004 | Cultura e Lazer
A Bienal começará dia 18 com uma digressão dos “Palhaços Ciclistas” pelas ruas da cidade e o espectáculo “X da Questão”, pela companhia brasileira Solar da Música, à noite.“Variações de Marionetas em Redor da Música”, do grupo Trulé, Investigação de Formas Animadas, que dia 19 representará Portugal no Festival Internacional de Marionetas de Teerão, depois de passar pelo Festival de Praga, onde foi distinguido com o prémio “Inovação na manipulação de marionetas”, estará em Santarém no dia 23.Carlos Oliveira sublinhou ainda a homenagem ao artista António Arraiola, a realizar dia 24, lembrando que o “trapezista voador”, escolhido para integrar vários filmes de Hollywood nas décadas de 50 e 60 do século XX e condecorado pela rainha Isabel II de Inglaterra, nunca foi distinguido em Portugal.Destacou também o espectáculo de palhaços do Veto Teatro Oficina e do Teatrinho de Santarém, dia 25, inserido nas comemorações dos 50 anos do Círculo Cultural Scalabitano, lembrando que o “Pantufa”, do Veto recebeu o prémio de melhor actor num festival internacional realizado em 1980 em Nova Iorque. Um facto que “a cidade desconhece”.A participação do grupo polaco Rondo, que produziu especialmente para a Bienal o espectáculo “Clowns”, acontece no âmbito de um conjunto de iniciativas a desenvolver com o Cartaxo, que incluem uma exposição de fotografias e outra pluridisciplinar, de cerâmica e pintura, de artistas portugueses e polacos, além de um atelier de moda de dois designers polacos.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...