uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Apoios polémicos

Edição de 15.09.2004 | Desporto
Os apoios da Câmara de Santarém ao basquetebol profissional não têm caído muito bem entre alguns directores de outros clubes do concelho. Embora ninguém assuma publicamente uma postura crítica em relação à forma como a autarquia gere os subsídios aos clubes, na surdina a política desportiva do município é amplamente criticada. O investimento recente na compra de novas tabelas de basquetebol exigidas pela Liga Profissional, orçadas em alguns milhares de euros, não agradou a alguns directores cujos clubes ainda não receberam os subsídios acordados para este ano.Outro dos motivos das críticas é o estado do Pavilhão Desportivo Municipal de Santarém, onde há balneários danificados há vários meses. O presidente do Gimno Clube de Santarém, Luís Arrais, confirmou ao nosso jornal que um dos balneários masculinos está encerrado desde o início do ano por ter os lavatórios partidos, entre outros danos. O mesmo responsável refere que o pavilhão tem lâmpadas eléctricas fundidas há muitas semanas.A insegurança no pavilhão, onde nos últimos tempos se verificaram vários assaltos, é outro dos motivos que causa descontentamento. Nos últimos meses já foram assaltadas as sedes do Grupo Desportivo dos Empregados do Comércio, conhecido por “Caixeiros”, do Gimno Clube e do Hóquei Clube de Santarém, que se situam na nave anexa. Nos dois primeiros casos as portas estão por reparar há mais de um mês.O vereador da Câmara de Santarém responsável pela gestão do pavilhão desportivo, Joaquim Neto, admitiu ao nosso jornal que aquela infra-estrutura desportiva apresenta sinais de alguma degradação, mas acrescenta que a autarquia já está a resolver o problema. A semana passada iniciaram-se as obras de reparação da cobertura, que deverão estar concluídas no final de Setembro ou na primeira semana de Outubro e a curto prazo será lançada a segunda fase dos trabalhos, que envolverá outras reparações, entre as quais as dos balneários.No caso das portas arrombadas, o autarca diz que já pediu aos serviços para estudarem a melhor solução para o problema, que poderá passar pela colocação de novas fechaduras ou de novas portas, mais resistentes.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...