uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Faenas de Verão

Edição de 15.09.2004 | Opinião
Toda a gente sabe que o calor faz mal à cabeça! Já dizia a minha avó que, como se costuma dizer, não dava ponto sem nó. Os fortes calores estivais não abrasam apenas matas e florestas em dramáticos e flamejantes incêndios, mas queimam também alguns neurónios mais voláteis a alguns políticos da nossa praça.É portanto, o Verão, uma época fértil em insolações mentais e o IGAPP (Índice Global de Asneiras por Político) sobe normalmente em flecha!1 – Visível, por exemplo, na afirmação do Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, respeitante a mais um crime ecológico no Alviela, em que considera tal situação como resultado (calcule-se) de “uma caixa de sardinhas que alguém teria lançado ao rio”!Num mundo em que o lúdico serve cada vez mais dinâmicas empresariais, criando inclusive empórios multinacionais, como é que um país com um tal potencial humorístico se encontra, ainda, na cauda da Europa?!!2 – Merecedora de uma “faena” das antigas é ainda, no mesmo contexto, Cristina Soares, Técnica do Ambiente da C.C.D.R. de Lisboa e Vale do Tejo, que comparando os dados das análises feitas à agua do Alviela com igual período do ano transacto, conclui peremptoriamente não existir ali “nada de anormal”! Deve ser do “calor” ou do reduzido “caudal do rio”, aventa como explicação.Como já anteriormente tive oportunidade de referir, não se trata portanto (como alguns mal intencionados defenderam), da água ter mais porcaria mas, simplesmente..., da porcaria ter menos água!!3 – Forte candidata é igualmente a vereadora scalabitana social-democrata Hélia Félix, reagindo prematuramente à notícia da vinda para Santarém do Ministério da Agricultura que, como se sabe, constituiu um simples “show off” político, gerado na fase onírica da pré-governação santanista. Era vê-la, então, ufana e radiante, realçando o extraordinário alcance de tal medida e anunciando até, profeticamente, “uma nova era para Santarém e respectiva Região”!Bem aventurados os pobres de espírito....4 – Mas a “lide” mais completa vai, naturalmente para o Presidente da Câmara da Golegã. Ao contrário dos seus correligionários scalabitanos percebeu logo que, para o Governo (pelo menos se exceptuarmos alguns ignotos interesses partidários), tanto lhe faz colocar as ditas secretarias em Santarém como em Barrancos, em Aveiro, como em Vilarinho das Furnas! Desde que, obviamente, a mensagem populista passe! Assim pensou o Maltez e, se bem o pensou, melhor o fez. E, no incrível “leilão” que se seguiu, entrou a matar com a “oferta de um palacete”! E não é que o governo aceitou!!O estado a que isto chegou!!5 – Contemplado merece ser também, o Executivo Municipal do Entroncamento que, nesta aberração pretensamente descentralizadora (que mais parece uma versão política do “Levanta-te e Ri”), ousou levantar a sua voz para propor receber, aí, a Secretaria de Estado dos Transportes!É justo!! Pelo menos a Secretaria de Estado dos Transportes Ferroviários!E não me venham com a desculpa esfarrapada de que essa Secretaria não existe!Se não existe, inventem-na! Assim como assim, vêm inventando coisas bem piores!P. S. – As faenas de Verão seguem para a semana.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...