uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Nada escapa ao vandalismo

Escola de Santo Estêvão (Benavente) será adaptada para ATL e biblioteca
Edição de 15.09.2004 | Sociedade
Não há um único vidro inteiro. No telhado há blocos de cimento que foram arremessados por crianças e jovens que se divertiram a destruir a antiga escola Primária de Santo Estêvão. O presidente da Câmara Municipal de Benavente, António Ganhão ficou chocado com o cenário que encontrou quando visitou o espaço. A escola foi recuperada pela autarquia há cerca de 10 anos e estava preparada para receber o posto da GNR que foi criado há 50 anos, mas nunca foi instalado e, segundo o comando geral da GNR, não será nos tempos mais próximos. O autarca não poupou a própria junta de freguesia pelo abandono do edifício. Segundo António Ganhão, a junta, estando mais perto, não alertou a câmara para o que se estava a passar. “A junta deveria ter comunicado a situação à câmara. Nunca pensei que estivesse naquele estado. A destruição é completa”, vincou.A antiga casa dos professores que acolhia os docentes está num estado lastimável e, por isso, a sua recuperação fica para uma segunda fase. Primeiro a câmara vai recuperar as duas salas de aulas para integrar um ATL-centro de ocupação de tempos livres para crianças e uma biblioteca. A autarquia conta com o apoio de uma instituição local e de um grupo de voluntários que recentemente desenvolveu um projecto de férias de Verão.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...