uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Poucas ou nenhumas alternativas

Edição de 15.09.2004 | Sociedade
Pouco se pode fazer para evitar as filas junto à Ponte de Asseca. Só quem conhece a região em profundidade sabe fugir à confusão, mesmo que tenha de percorrer mais alguns quilómetros. Para quem se desloca do Cartaxo virar a meio do Vale de Santarém pela EN3-3 no sentido da Póvoa de Isenta, Almoster e virar para Ponte do Celeiro pode ser uma opção. Um trajecto de cerca de 12 quilómetros que pode compensar o tempo de espera na EN3 e vai desembocar em Santarém, junto ao hipermercado Feira Nova. A mesma opção vale para quem parte de Santarém O único senão é que ambas as estradas são bastante movimentadas, principalmente com camiões para pedreiras e estaleiros de obras na zona. Outra opção que implica fazer mais quilómetros é pelo chamado entroncamento do Espanhol, na EN 114 a caminho de Rio Maior. Mas estica a distância entre Cartaxo e Santarém para cerca de 30 quilómetros.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...