uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Convites, convocações e outras confusões

Edição de 22.09.2004 | Sociedade
A excepção dos vereadores João Fanha (PSD) e José Eduardo Fanha Vieira (PS), o executivo camarário participou na visita organizada pelo presidente Jaime Ramos (PSD) às obras em curso no concelho do Entroncamento, na segunda-feira de manhã. Uma iniciativa para a qual foi convidada a comunicação social. E foi este convite que deu azo a uma declaração crítica subscrita pelos vereadores Henrique Leal (BE), Valente de Almeida (PS) e António Ferreira (CDU). José Eduardo Fanha Vieira, por não ter estado presente, não a subscreveu, mas solidarizou-se com os restantes elementos da oposição.Entenderam os vereadores que ao “convocar a comunicação social” os autarcas do PSD “evidenciaram as intenções pouco sérias da iniciativa”, deixando “transparecer os contornos de uma tosca manobra de propaganda eleitoralista”.Jaime Ramos não gostou. Reagiu mal “às intenções pouca sérias”, dizendo que “a seriedade de quem faz este tipo de afirmações é que pode ser duvidosa”. “Sou sempre a mesma pessoa, não tenho uma posição enquanto político e outra como homem”. Considerou também que os vereadores podem visitar as obras quando quiserem e se convidou a comunicação social foi porque o pedido “tinha sido solicitado pelos jornalistas”, mas não mencionou quem o tinha feito.A utilização do termo “convocação” em vez de “convite” gerou também confusão. “O presidente da câmara não convoca a comunicação social, convida-a. Tal como convidou os vereadores, não os convocou”.Na declaração apresentada os subscritores sugeriam que os autarcas do PSD organizassem uma outra visita às obras que “já deviam estar feitas, ou em curso, porque são prioritárias”, entre outras a estrada das Vendas, os passeios de acesso ao supermercado L.Eclerc ou a recuperação do bairro Frederico Ulrich.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...