uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Doentes de Alzheimer com apoio em Almeirim

Doentes de Alzheimer com apoio em Almeirim

Núcleo do Ribatejo começou a funcionar terça-feira
Edição de 22.09.2004 | Sociedade
Começou a funcionar terça-feira o núcleo do Ribatejo da Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer (APFADA). Instalado em Almeirim, o núcleo disponibiliza apoio psicológico e social a doentes e fami-liares. As instalações, situadas no edifício das escolas velhas, perto do mercado municipal, foram inauguradas segunda-feira. A ideia de criar um núcleo na região tem cerca de um ano. A opção por Almeirim deveu-se ao interesse manifestado pela autarquia e à rápida disponibilização de instalações. Durante a inauguração foi assinado um protocolo entre a associação e a câmara municipal, em que esta se compromete a pagar as despesas de água, luz e telefone do núcleo. Bem como transferir mensalmente 583 euros para a APFADA para pagamento dos serviços de um técnico. As instalações dispõem de uma sala de atendimento ao público, gabinete de psicologia e gabinete de apoio social. Considerando que a instalação deste serviço é “absolutamente necessária”, o presidente da câmara, Sousa Gomes, comprometeu-se a sensibilizar os seus colegas autarcas para promoverem acções de divulgação sobre a doença nos seus concelhos. Sousa Gomes referiu também que “é preocupação de todos os autarcas cuidar do bem-estar dos seus munícipes”. E nesse sentido, sublinhou, “se houver um doente de alzheimer já é motivo de preocupação”. A doença de Alzheimer é um processo neurodegenerativo progressivo, que leva à destruição dos neurónios, sobretudo dos que intervêm em funções como a memória e a capacidade de aprendizagem. A doença tem consequências no funcionamento mental, comportamento e capacidade para a realização das tarefas do dia-a-dia. Trata-se de uma das doenças mais incapacitantes que afectam os idosos. Começa por aniquilar a memória e, aos poucos, vai dominando as restantes funções mentais, até à completa ausência de autonomia. Estima-se que, actualmente, existam cerca de 60 mil doentes com Alzheimer. A incidência da doença aumenta com a idade, mas a doença também afecta pessoas mais jovens.
Doentes de Alzheimer com apoio em Almeirim

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...