uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Vila Franca reclama segurança

Vila Franca reclama segurança

Refer vai construir passagem desnivelada junto da estação
Edição de 22.09.2004 | Sociedade
As duas passagens de nível junto da estação da CP de Vila Franca de Xira serão encerradas e será construída uma passagem superior que fará a ligação às plataformas junto das linhas e ao jardim Constantino Palha. A proposta foi apresentada pela empresa responsável pela gestão da rede ferroviária (Refer) numa reunião com a presidente da Câmara.O encontro foi agendado após a morte de duas pessoas nos dias 12 e 13 de Setembro, colhidas por comboios rápidos na passagem que faz a ligação da Rua da Praia ao jardim.Desde o início do ano já morreram sete pessoas nas passagens de nível junto da estação, apesar de ambas estarem devidamente sinalizadas com avisos luminosos e sonoros e terem barreiras que impedem o acesso directo.Segundo a presidente da câmara, a proposta da Refer passa pela construção de uma passagem superior com um elevador de acesso e escadas rolantes. A localização exacta ainda não está definida, mas Maria da Luz Rosinha (PS) defendeu que deve ser o mais perto possível da estação.A solução não agradou aos vereadores da CDU. Alves Machado considerou que não é uma ideia “brilhante” porque irá dificultar o acesso ao jardim e ao pavilhão gimnodesportivo, espaços utilizados por milhares de pessoas. O autarca defendeu como alternativa uma passagem inferior na zona da actual junto à rua da Praia. “O acesso ao jardim tem de ser directo”, defendeu.O vereador Rui Rei (PSD) sublinhou a necessidade de encontrar uma solução com urgência. “Não podemos adiar a intervenção para evitar mais mortes”, disse.O autarca laranja sugeriu que seja colocado um vigilante no local para impedir o acesso dos peões à linha quando o comboio se aproxima.A presidente recordou que já houve uma guarda na linha que foi insultada muitas vezes por pessoas que não acataram as suas sugestões. Maria da Luz Rosinha (PS) defendeu a colocação de uma placa automática que bloqueie o acesso à linha quando a sinalização de aviso começa a funcionar. Ideias soltas que vão continuar a ser debatidas em futuras reuniões de trabalho com representantes da Refer e da câmara. Até que surja uma solução, centenas de pessoas continuam a arriscar a vida e a ignorar a sinalização existente.
Vila Franca reclama segurança

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...