uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Treinador do Santarém Basket apela à pacificação

Farto do que chama jogo sujo, palermices, invejas e lutas políticas que não têm razão de existir
Edição de 29.09.2004 | Desporto
O treinador da equipa sénior masculina do Santarém Basket, que esta época vai disputar a liga profissional de basquetebol, quer acabar com os comentários e as críticas em redor do projecto da equipa profissional. José Monteiro, impulsionador, há 20 anos, do projecto basquetebolístico em Santarém, mostra-se agastado com as quezílias político-partidárias neste início de temporada e apela à pacificação.“A moda nos últimos tempos, na comunicação social, é a questão do Santarém Basket como luta política. Todos os partidos deviam estar envolvidos no projecto e não devem ter falta de coragem para apoiar este projecto. Actualmente esta equipa é a única coisa que Santarém tem em termos comerciais, que pode e vai projectar Santarém, não só na área feminina, mas agora também na área masculina”, sublinhou José Monteiro num comunicado enviado ao nosso jornal.“Eu fiz uma pesquisa e ainda não vi ainda nenhum clube que tenha tanto número de equipas em Portugal que se aproxime sequer do número que existe no Santarém Basket. E se queremos ser bons nisto, não devemos ter falta de coragem política para investir neste projecto”, salientou o treinador da equipa escalabitana. José Monteiro diz que há forças a tentarem inviabilizar o apoio autárquico ao basket e fala em “provincianismo bacoco” e “jogo sujo”. “Estão a fazer com que a câmara não invista no basquetebol, mas neste momento é o que existe na cidade. Todas as outras modalidades não existem e há que dize-lo frontalmente. Já chega, estou cansado e já investi aqui 20 anos da minha vida e estou farto de não ver as coisas a andarem para a frente por palermices, invejas e lutas políticas que não têm razão de existir”, desabafou o treinador do Santarém Basket.Recorde-se que, como O MIRANTE noticiou na edição de 16 de Setembro, o presidente da Câmara de Santarém omitiu informações ao executivo sobre o seu envolvimento na criação da equipa profissional de basquetebol na cidade e o PSD acusou-o de arrogância e de egocentrismo.Preparação continuaÀ margem destas polémicas, a equipa sénior masculina continua a sua preparação e no passado fim de semana realizou mais dois jogos. No primeiro ganhou com facilidade ao Académica Bragança por 100 - 42 e no segundo perdeu com o Belenenses por 88-74.Entretanto o jogo com o CAB Madeira, marcado para esta quinta-feira foi anulado, mas como já foram vendidos alguns bilhetes de época, os adeptos do basket poderão assistir, dia 9 Outubro, ao Santarém Basket - Ginásio Figueirense, ás 17h30.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...