uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Uma corrida para a região

António Rola é o novo delegado do Inatel de Santarém e já anunciou as metas para o seu mandato

António Rola é o novo delegado distrital de Santarém do Inatel. Na cerimónia de posse, que teve lugar na segunda-feira, o ex-arbitro de futebol anunciou como grande ambição a organização de uma prova de atletismo entre Almeirim e Santarém, a atravessar as pontes D. Luís e Salgueiro Maia. Melhorar as condições físicas da delegação e do pavilhão de Santarém, são outras metas do substituto de Fernanda Asseiceira.

Edição de 29.09.2004 | Desporto
A grande ambição de António Rola como delegado distrital de Santarém do Inatel é organizar uma prova de atletismo que projecte o distrito e a região, a nível nacional, originando a aderência do maior número possível de atletas. Uma prova que tenha como desígnio “A Travessia das Pontes”, fazendo a ligação entre Santarém e Almeirim, com partida e chegada ao CNEMA.Esta ambição foi colocada pelo ex-árbitro de futebol, que actuou na primeira categoria nacional, durante a cerimónia de tomada de posse como delegado do Inatel - Instituto Nacional para Aproveitamento dos Tempos Livres dos Trabalhadores, que decorreu na segunda-feira, dia 27, no salão nobre do Governo Civil de Santarém. Mas António Rola, que substituiu no cargo Fernanda Asseiceira, que dirigiu a delegação nos últimos anos, garantiu que a assunção deste cargo de delegado do Inatel é inquestionavelmente um momento muito importante da sua vida, mas não tem qualquer outra ambição do que servir a causa pública principalmente na área social.António Rola, que ao nosso jornal recusou liminarmente a ideia de que a aceitação deste desafio de chefiar a delegação de Santarém do Inatel, é a rampa de lançamento para a candidatura à Câmara Municipal de Rio Maior, ou mesmo à presidência da Associação de Futebol de Santarém, manifestou-se disponível para aceitar qualquer cargo que seja de importância para servir as pessoas, principalmente as mais desfavorecidas.O novo delegado do Inatel em Santarém mostrou que tem já bem definidas as suas grandes prioridades, que passam pela prestação de serviços e apoio aos mais de 10.300 sócios do instituto no distrito.A componente desportiva da delegação tem um papel de grande importância. Para a época de 2004/2005, no futebol, estão inscritas 66 equipas e 80 árbitros, mas também o atletismo, a ginástica e natação são modalidades que estão em franco desenvolvimento.Mas António Rola também já encontrou problemas e dificuldades, principalmente nas condições de trabalho e atendimento aos sócios. Por isso já não tem dúvidas de que é preciso melhorar e arranjar mais espaço físico para poder trabalhar.Aproveitou por isso a presença do presidente do Inatel, José Alarcão Troni, para chamar a atenção para dois assuntos fundamentais para poder desenvolver o seu trabalho. O primeiro é a procura de uma solução para problema das instalações da delegação, “que não têm condições para atender os sócios, nem espaço para um trabalho condigno dos serviços administrativos”; o segundo a degradação do Pavilhão do Inatel, que na sua opinião não oferece as condições desejáveis para a prática desportiva.Apelou por isso para que o presidente do Instituto “desenvolva esforços para que Santarém enquanto cidade e capital do distrito, seja futuramente merecedora de um pavilhão do Inatel à sua dimensão”.Em resposta ao apelo de António Rola, o presidente do Inatel, revelou que a curto prazo vão ser efectuadas obras de reabilitação no pavilhão, sem que isso indique que não vão ser procuradas, em conjunto com outras entidades, alternativas para a construção de um novo pavilhão multiusos para servir condignamente a população.José Alarcão Troni garantiu também que o problema das instalações da sede da delegação vai ser resolvido o mais rápido possível. “Temos consciência das suas limitações”, referiu.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...