uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Assembleia Municipal do Entroncamento chumba taxa sobre imóveis

Edição de 29.09.2004 | Política
A Assembleia Municipal do Entroncamento recusou a proposta da câmara de aplicar em 2005 uma taxa de 0,8 por cento relativa ao Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Na sessão, realizada na manhã de sábado, a oposição composta por PS, CDU e Bloco de Esquerda manifestou o seu desacordo pelo valor da taxa, considerando que o mesmo é muito alto. Contra a aplicação da taxa de IMI para além dos deputados do PS, CDU, BE e independente (10 no total) esteve também a deputada municipal do PSD Maria Adelaide Dias, justificando que as taxas se tornaram demasiado elevadas e penalizam os munícipes. O eleito do CDS/PP, Mário Ferreira, absteve-se e dez elementos sociais-democratas votaram a favor. Com esta decisão a câmara municipal vai agora ter que aprovar uma nova taxa e remetê-la de novo à assembleia municipal para ser votada. O IMI é o imposto municipal que veio substituir a Contribuição Autárquica e incide sobre o valor tributável dos prédios situados no concelho.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...