uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Hospital de Vialonga está fechado há seis anos

Hospital de Vialonga está fechado há seis anos

População reclama transformação em Unidade de Cuidados Continuados
Edição de 29.09.2004 | Sociedade
A Comissão de Utentes de Saúde de Vialonga insiste na importância da reabertura do Hospital da Flamenga como Unidade de Cuidados Continuados (UCC). Segundo os vialonguenses, a unidade poderia servir para apoiar doentes que necessitem de cuidados paliativos ou recuperações de longa duração.Os subscritores dum comunicado lembram que esses doentes sub-carregam o Hospital de Vila Franca de Xira que não está preparado para receber este tipo de casos e tem falta de camas. “O concelho necessita de um hospital de retaguarda”, reafirmam os munícipes.Recorde-se que depois do encerramento da unidade, a ARS investiu centenas de milhares de euros na recuperação do Hospital da Flamenga e chegou mesmo a adquirir equipamentos que há cerca de três anos estão a ser guardados por uma empresa de segurança.Entretanto foi apresentada uma proposta para a instalação de uma Unidade de Cuidados Continuados numa parceria que envolvia uma empresa do grupo Somague e a Fundação Cebi de Alverca, mas a ARS ficou a aguardar a publicação da nova legislação sobre cuidados primários de saúde que entrou em vigor no início do ano. O novo quadro legislativo obriga a ARS a lançar um concurso público para entregar a concessão da unidade numa parceria “público-privada”.Segundo a presidente da ARS, Ana Borja Santos, o consórcio tem condições para vencer o concurso mesmo que apareçam outras candidaturas. “A Cebi é uma instituição com trabalho feito e com todas as condições para assumir a nova unidade”, referiu.A unidade terá uma capacidade inicial de 22 camas que poderá ser alargada para o dobro com a recuperação da outra ala do hospital. A UCC destina-se a acolher doentes em recuperação que já não necessitem de estar nos hospitais centrais. Esta é uma forma de dar maior mobilidade às camas do Hospital de Vila Franca de Xira e minorar as dificuldades de internamento.
Hospital de Vialonga está fechado há seis anos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...