uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Um incentivo a alunos exemplares

Um incentivo a alunos exemplares

Rotary Club do Entroncamento atribui distinções aos melhores estudantes

O Rotary Club do Entroncamento premiou os melhores alunos desse concelho e de Vila Nova da Barquinha. Um incentivo a jovens que se distinguiram e prometem ir longe.

Edição de 29.09.2004 | Sociedade
Os melhores alunos dos segundo e terceiro ciclos e secundário das escolas dos concelhos do Entroncamento e de Vila Nova da Barquinha foram distinguidos com os prémios de mérito atribuídos pelo Rotary Club do Entroncamento. As distinções foram entregues no final de um jantar, realizado no dia 22.Marcos Caldeira e Leonor Caldeira, alunos da Escola B 2, 3, Dr. Ruy de Andrade, do Entroncamento, foram os melhores no 6.º aluno de escolaridade, recebendo o prémio de mérito das mãos da presidente do conselho executivo da referida escola, Irene Crispim. No terceiro ciclo, a aluna que mais se distinguiu foi Sara Tente, da Escola D. Maria II de Vila Nova da Barquinha, a quem a professora Celeste Menino galardoou. Por último, no secundário o galardão Rotary coube de novo a uma estudante do Entroncamento, Joana Arcângelo. A média que alcançou neste grau de ensino permitiu-lhe entrar em Medicina, como desejava.A cerimónia de entrega dos prémios decorreu durante um jantar/reunião em que o Rotary Club do Entroncamento, presidido por Luís Valente, divulgou algumas das suas actividades, entre elas a campanha “Uma pilha de Livros para Timor” e um concurso de leitura baptizado com o nome de um companheiro já falecido, Ramiro Gonçalves. Destaque também para o intercâmbio de três jovens pertencentes ao Interact, clube apoiado pelo Rotary destinado a jovens dos 14 aos 18 anos. Sara Falcão, presidente do Interact do Entroncamento, Inês Roque e Maria João Silva contaram as suas experiências de uma semana passada em campos internacionais com jovens de várias nacionalidades. Setembro é considerado o mês da juventude e os jovens estiveram em evidência na reunião Rotary da passada semana. Luís Valente anunciou a atribuição de nove bolsas de estudo para alunos carenciados e muito bons. “Refiro-me a alunos com média superior a 16 valores”, precisou.No final da reunião, João Pedro Santos, bolseiro do Rotary Club do Entroncamento, a frequentar a Escola de Artes e Espectáculos do Porto, interpretou três trechos de Beethoven. João Pedro é estudante de clarinete e ficou classificado em quarto lugar entre 400 alunos. De referir também que recebeu um convite para tocar com a Orquestra da Galiza como solista. As reuniões Rotary obedecem a um formalismo muito próprio de que é responsável o “companheiro protocolo”, no caso do Entroncamento José Lino Correia Martins. No início da refeição e depois da saudação das bandeiras, os rotários levantam-se um a um e apresentam-se, mencionando o nome e a profissão. É norma nos clubes Rotary haver um representante das várias profissionais. Da actual direcção do Rotary Clube do Entroncamento fazem parte além de Luís Valente (presidente) e de José Lino (protocolo), José Maria Reis e Silva (secretário), Eduardo Oliveira (tesoureiro), Carlos Nunes (vice-presidente) e Eduardo Oliveira (past-presidente).O movimento Rotary nasceu no início do século passado em Chicago por inspiração do então jovem advogado Paul Percy Harris que percebeu a “urgente necessidade das pessoas fazerem amigos que se ajudassem mutuamente”. Em Fevereiro de 1905 realizou-se a primeira reunião e a instalação do Rotary Club de Chicago, sendo eleito para presidente Silvester Schiele.Margarida Trincão
Um incentivo a alunos exemplares

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...