uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Barrosa inaugurou campo sintético

Barrosa inaugurou campo sintético

É o quarto equipamento no concelho de Benavente
Edição de 01.12.2004 | Desporto
O último sábado, 27 de Novembro, foi dia de festa para a pacata freguesia da Barrosa, no concelho de Benavente. Dezenas de populares assistiram à inauguração oficial do campo sintético que substituiu o velho pelado que durante três décadas alimentou a paixão do futebol na localidade. Uma equipa de velhas glórias do Sport Lisboa e Benfica animou a festa num jogo amigável com os veteranos do Sport Clube Barrosense. Os encarnados venceram por 4-1. O resultado foi o que menos interessou e o golo do barrosense Lúcio foi o mais festejado entre o público.O novo sintético deverá ser um estímulo para os jovens jogadores. A ausência de um projecto de formação fez com que alguns rumassem até Benavente e agora a direcção do Barrosense terá alguma dificuldade em convencê-los a regressar.O presidente da Câmara Municipal de Benavente explicou que esta é uma aposta de futuro e enquadra-se no objectivo de contemplar todas as associações que têm futebol com um campo sintético. Depois de Benavente, Porto Alto e Samora Correia chegou a vez da Barrosa. “O tempo em que para a Barrosa vinha a sardinha moída acabou”, disse António Ganhão.O edil explicou que a autarquia fez um enorme esforço para construir o campo sintético que custou mais de 300 mil euros e foi totalmente suportado pelo investimento municipal. O único projecto financiado por fundos comunitários foi o dos Camarinhais em Benavente. No caso da Barrosa, a câmara também pagou os arranjos nos balneários e infra-estruturas de apoio. A iluminação foi reforçada com três postes que duplicam a capacidade anterior.Rui Manhoso, presidente da Associação de Futebol de Santarém, considerou a câmara de Benavente como exemplar no apoio aos clubes e à formação. “É única no distrito”, disse. O vice-presidente do clube, Joaquim Semeano acredita que na próxima época o Barrosense irá apresentar uma equipa de iniciados com alguns infantis. Os novos moradores criam a expectativa de que novos praticantes irão aparecer, mas até lá há quer manter o sintético.A equipa sénior do Barrosense milita II Divisão Distrital da Associação de Futebol de Santarém e vive à base de jogadores de fora da terra. O líder do clube acredita que dentro de dois anos poderá ter condições para subir ao escalão maior. “Seremos sempre uma equipa com dificuldades”, salienta. O Barrosense já esteve duas vezes entre os melhores do distrito.Na inauguração do campo, os presidentes da Associação de Futebol de Santarém e da Câmara de Benavente homenagearam os dirigentes que fizeram “um grande esforço para manter vivo o clube”. António Ganhão evocou a memória de Joaquim Machacaz, o grande impulsionador do Sport Clube Barrosense, e reconheceu publicamente todos ao que o sucederam.
Barrosa inaugurou campo sintético

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...