uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Rui Gaivoto deixa Amiense

Treinador não resistiu aos maus resultados

Um ano e uma semana depois de ter substituído Gabriel Barra, Rui Gaivoto treinou esta segunda-feira o Amiense pela última vez. Os maus resultados da equipa nas últimas quatro jornadas, com dois empates e duas derrotas frente a adversários directos na luta pelos primeiros lugares, já faziam antever este cenário, até porque o descontentamento alastrava entre os fervorosos adeptos do clube de Amiais de Baixo.

Edição de 01.12.2004 | Desporto
No domingo, após a derrota em Mação, por 2-1, Rui Gaivoto colocou o seu lugar à disposição dos directores, que no entanto só na segunda-feira à noite, após reunião da Direcção, decidiram rescindir a ligação com o treinador.“Coloquei o lugar à disposição para deixar a direcção à vontade e pela amizade que nos une”, explicou Rui Gaivoto ao nosso jornal. O técnico concorda que as coisas não estavam a correr como previsto mas lembra as lesões de vários jogadores nucleares.“Não foram só o Lista e o Cabé. Nesta sequência de jogos complicados o Catita teve de jogar três jogos seguidos sem treinar durante a semana. No domingo o Caetano jogou depois de um mês e meio sem treinar. Era por isso que a equipa se ressentia nas segundas partes. Na maior parte dos dias treinámos com 12-13 jogadores”, explicou, recordando também as lesões do guarda-redes Gama e do central Plim.Rui Gaivoto diz que sai de consciência tranquila com o trabalho que realizou e sabe que os jogadores e responsáveis da equipa reconhecem o seu valor. “Não é fácil fazer 91 jogos para o campeonato no Amiense. Se não fosse sério e trabalhador não estava aqui tanto tempo”, afirma.O ex-treinador considera que quem vier a seguir tem condições para realizar um bom campeonato, porque nada está ainda perdido, apesar dos nove pontos de distância em relação ao líder, Ouriquense. “Ainda ontem (segunda-feira) disse aos jogadores que agora vêm ai cinco jogos perfeitamente ao nosso alcance. Têm todas as condições para terminar a primeira volta com 32 pontos, o que não é mau de todo”.Sobre o seu futuro, Rui Gaivoto diz que está disponível para treinar outros clubes, mas garante que não vai ver jogos de equipas onde o treinador esteja em causa nem vai fazer telefonemas aos directores.Novo treinador na quinta-feiraPara substituir Rui Gaivoto, a direcção do Amiense está já a estudar alternativas. Questionado por O MIRANTE, o presidente do clube, Joaquim Mário, não quis adiantar quais os nomes que estão equacionados, confirmando apenas a saída do ex-técnico.O dirigente diz que o nome do novo treinador só deverá ser anunciado na quinta-feira, mas o nosso jornal sabe que Cláudio Madruga, ex-treinador do Riachense, é um dos nomes preferidos por alguns directores do clube, estando Peralta, que já treinou o Rio Maior, como segunda opção.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...