uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Rodrigo - 24 ANOS U.Chamusca

Cromos

Rodrigo é um dos jovens guarda-redes que actua no distrital de Santarém. Fez toda a formação nas camadas jovens do Clube Desportivo “Os Águias” de Alpiarça, de onde saiu para jogar no Marinhais e no União de Santarém. Está actualmente no União da Chamusca, onde é dono e senhor da baliza.

Edição de 07.12.2004 | Desporto
Vale a pena perder uma noite de copos com os amigos para no dia seguinte ir jogar futebol?Vale claramente, não podemos colocar em causa o trabalho de todo o grupo e podemos muito bem conviver com os amigos em alturas que não interfiram com o futebol.Um bom ambiente no balneário vale por meia equipa?Sim. Um bom ambiente no balneário é dos factores mais importantes para se conseguirem bons resultados. Não há dúvida de que a união faz a força.Quando comete uma grande penalidade é capaz de confessar que derrubou o adversário ou nega sempre até ao fim?Nego sempre, para não colocar em causa o trabalho da equipa, mas no fim do jogo sou capaz de admitir que cometi a infracção. Mas só quando já não há nada a fazer para virar a situação. Quando a sua equipa sofre um pénalti e está na baliza costuma olhar para o marcador?Olhar propriamente não. Normalmente tento saber se ele é esquerdino ou direito, depois espero que a bola parta e só então parto para tentar a defesa.Tem alguma superstição especial?Tenho fé e ao entrar em campo benzo-me.Alguma vez agrediu ou foi agredido por outro jogador?Não.E como reagia se fosse agredido?Reagia mal. Dentro do campo procurava ter calma para não lhe fazer nada, mas no final do jogo talvez fosse ao pé dele pedir-lhe explicações.É melhor jogar com 40 graus de temperatura ou a chover torrencialmente?De preferência nem uma coisa nem outra. O meio-termo é que é bom. Mas entre as duas coisas prefiro jogar com chuva torrencial.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...