uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Natalício Serafim das Neves

Edição de 08.12.2004 | E-mails do outro mundo
Nem este cheirinho a Natal atenua a brutalidade das injustiças quotidianas. Em Almeirim a GNR prendeu um homem que andava nu pelas ruas. Em Lisboa, duas marmanjonas que se descascaram em plena via pública à porta de um centro comercial, em vez de serem detidas foram capa de jornais. Vais dizer-me que preferes ver mulheres nuas, que ainda por cima são boas como o milho, do que gajos em pelota. Pois sim Serafim, isso só prova que tens bom gosto. Comigo, aliás passa-se o mesmo. Mas o sol quando nasce é para todos. Esta democracia não pode funcionar em desequilíbrio hormonal.As meninas modelares, com aquela tralha toda no sítio, estavam a protestar contra os casacos de peles. Se calhar frustradinhas de todo por já não haver homens capazes de lhes oferecerem uns visons e umas jóias a condizer. O nudista, dizia a notícia, andava aos pontapés nos carros. Ora bem, cada um tem os seus objectivos protestativos. Uns não podem com casacos de peles, outros arreliam-se com o trânsito e a poluição. Afinal o que é mais grave: abater animais para fazer agasalhos, ou envenenar humanos com o monóxido de carbono dos tubos de escape?E aquela coisa de irem a correr internar o tipo de Almeirim na psiquiatria do Hospital de Santarém? O Jerónimo de Sousa já chegou a Secretário do Partido Comunista mas Portugal ainda não adoptou o regime totalitário soviético. E mesmo que o gajo de Almeirim seja maluco? Qual é o problema?! Tu achas que umas fulanas que vão posar nuas para o meio da Avenida António Augusto de Aguiar têm algum juízo naquelas cabeças?Serafim, os políticos – ai os políticos, Deus meu! – continuam em forma. A semana passada foi a reposição da velha revista à portuguesa, “zangam-se as comadres...”, na mui nobre vila da Golegã. O presidente da câmara, Veiga Maltez, tinha dito há umas semanitas que o seu vice, Vitor Guia, se tinha posto a andar para gozar a merecida reforrma. O reformado passou-se por completo quando tal coisa leu e foi-se a ele como gato a bofe. Só faltou chamar-lhe pai.Que foi corrido, que foi traído, escorraçado. Que há um clima de medo na autarquia. Eu sei lá. Aquilo dava letra para fado. Uma coisa de espantar entre pessoal que há dois ou três anitos era unha com carne. Mas a bronca não fica por aqui. Esta semana o folhetim continua com versões diferentes da coisa. Tratando-se de um acontecimento na capital do cavalo só te direi que me apetece relinchar a plenos pulmões. E em Sol maior!!!E o que me dizes da guerra do gasóil em Almeirim? Os Bombeiros andarão a beber combustível? As viaturas andarão a consumir mais do que é normal? Porque é que em vez de fazerem uma auditoria não mandam os carros à oficina? Tu já viste que eu hoje não paro de me interrogar? Se calhar é melhor meter travões a fundo antes que comece a interrogar-me sobre o sentido da vida; a eficácia do orçamento participativo da Câmara de Santarém; a importância do pampilho no crescimento da economia regional... e outras coisas do género.Saudações interrogativas do Manuel Serra d’Aire

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...