uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Bombeiros recebem verbas em atraso

Edição de 08.12.2004 | Sociedade
O Ministério da Administração Interna (MAI) prometeu regularizar os pagamentos das verbas devidas a cerca de três mil bombeiros que, no último Verão, participaram nos grupos de primeira intervenção (GPI) para combate aos fogos florestais. O atraso abrange as verbas correspondentes ao mês de Setembro e envolve um montante global da ordem dos 2,5 milhões de euros. O MAI espera receber nos próximos dias uma autorização das Finanças para que o Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil possa pagar aos bombeiros. O problema foi denunciado publicamente há duas semanas pela Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa (FBDL), que alertou o ministro da Administração Interna, Daniel Sanches, para os ecos de “revolta e insatisfação” que lhe tinham chegado das corporações da região e para os efeitos que a situação poderia ter no futuro.Cada bombeiro recebe cerca de 35 euros por cada 24 horas de permanência nos GPI. As compensações seriam pagas no final do mês a que diziam respeito, mas o mês de Setembro não foi pago.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...