uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Cabeleireira levou duas facadas no peito

Cabeleireira levou duas facadas no peito

Proprietária de salão em Almeirim agredida no local de trabalho

A GNR ainda desconhece o que terá levado uma mulher a desferir duas facadas na proprietária de um salão de cabeleireiro de Almeirim. Graça Santos não corre perigo de vida.

Edição de 08.12.2004 | Sociedade
A proprietária de um salão de cabeleireiro em Almeirim foi agredida à facada por outra mulher, de quem seria amiga, dentro do seu próprio estabelecimento. O caso deu-se na terça-feira, 30 de Novembro, depois do almoço. A cabeleireira Graça Santos teve que ser internada no Hospital de Santarém devido às duas facadas que levou no peito.Os motivos que estiveram na base da agressão ainda não estão completamente esclarecidos. Mas, segundo fonte do Grupo Territorial de Santarém da Guarda Nacional Republicana, o caso pode estar relacionado com questões passionais. Segundo testemunhos recolhidos no local, Graça Santos terá estado a beber café com a agressora num café da Praceta Salgueiro Maia, a poucos metros do salão de cabeleireiro. Aparentemente estava tudo bem e as duas mulheres regressaram ao estabelecimento onde ocorreu a agressão. A GNR desconhece a origem da faca, mas pressupõe que a arma branca estivesse em cima de uma bancada do salão “Hollywood”. As autoridades desconhecem também se houve alguma discussão entre ambas que motivasse a agressão. Na zona da praceta, situada atrás do quartel dos bombeiros da cidade, os moradores e comerciantes não se aperceberam de nada e só deram pelo caso quando apareceram os bombeiros. Na altura em que a GNR chegou para tomar conta da ocorrência a alegada agressora já não se encontrava no local, tendo sido identificada posteriormente.O auto da ocorrência foi enviado para o Ministério Público do Tribunal de Almeirim, a quem cabe dirigir as investigações sobre o caso. No entanto, segundo a mesma fonte da guarda, não se afigura uma situação de ofensas à integridade física de forma premeditada. Graça Santos foi assistida no Hospital de Santarém e o seu estado de saúde não é preocupante, segundo informou o assessor de imprensa da unidade hospitalar. A cabeleireira sofreu duas facadas no peito, tendo sido necessário fazer uma intervenção cirúrgica, da qual está a recuperar bem. A ocorrência prefigura uma situação de ofensas à integridade física grave, crime previsto Artigo 144º do Código Penal: “Quem ofender o corpo ou a saúde de outra pessoa de forma a privá-lo de importante órgão ou membro; ou a desfigurá-lo grave e permanentemente ou provocar-lhe perigo para a vida, é punido com pena de prisão de 2 a 10 anos. Neste artigo inserem-se também os casos em que alguém pretendeu tirar ou afectar, de maneira grave, a capacidade de trabalho, as capacidades de intelectuais ou de procriação, ou a possibilidade de utilizar o corpo, os sentidos ou a linguagem de outros. Ou situações em que se provoca doença particularmente dolorosa ou permanente, ou anomalia psíquica grave ou incurável.
Cabeleireira levou duas facadas no peito

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...