uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Operário morre em acidente de trabalho

Operário morre em acidente de trabalho

Alegadas falhas de segurança numa obra em Santarém

Não se sabe o que esteve na origem do acidente que provocou a morte a um trabalhador da construção civil e ferimentos num colega. Os operários trabalhavam numa obra em Santarém, em cima de andaimes sem guardas de segurança e a alguns centímetros de uma linha eléctrica.

Edição de 08.12.2004 | Sociedade
Um acidente de trabalho numa obra em Santarém provocou um morto e um ferido. Desconhecem-se as causas, que estão a ser investigadas pelas autoridades. Mas alegadamente não estavam reunidas todas as condições de segurança, na altura em que se deu a ocorrência, na manhã de terça-feira. Eram cerca das 09h30, quando os Bombeiros Municipais de Santarém foram chamados para um acidente de trabalho no bairro 16 de Março, numa das pontas da cidade. Os soldados da paz encontraram dois imigrantes de Leste estendidos no chão. O médico e o enfermeiro da VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação), chamados ao local, confirmaram a morte de um dos trabalhadores. A vítima, Nicolae Marinel Zimbru, natural da Roménia, tinha feito 26 anos no domingo, dia 5, e residia na Póvoa de Santarém. O outro, de nacionalidade ucraniana, 29 anos, foi assistido no local e transportado ao Hospital de Santarém tendo recebido alta pouco tempo depois. Segundo foi possível apurar, os operários estavam a trabalhar em cima de um andaime quando de repente caíram. Na altura eram as únicas pessoas que estavam na obra. Desconhece-se se a queda foi consequência de electrocussão provocada por linhas de média tensão, que passam junto à construção. Perto do sítio onde os operários da construção civil estavam caídos, foi encontrada uma régua metálica, suspeitando-se que um deles tenha tocado nos cabos eléctricos com o utensílio. É também possível que a queda dos operários tenha sido provocada pela oscilação dos andaimes. A autópsia à vítima e o testemunho do ferido, que teve alta pouco tempo depois de assistido nas urgências do hospital, vão ser determinantes para esclarecer as circunstâncias do acidente. No local estiveram técnicos da EDP, agentes da PSP e inspectores da Inspecção-geral do Trabalho (IGT). Os andaimes estavam montados numa zona com um declive acentuado. Os dois pés da estrutura mais próximos da ribanceira estavam assentes em tijolos empilhados. Conforme as regras de segurança os andaimes devem ter braços extensíveis. A estrutura onde os trabalhadores operavam apenas tinha uma prancha, quando devia ter duas, e não existiam guardas anti-queda. A plataforma onde os imigrantes trabalhavam, a mais de três metros de altura, estava montada a cerca de 40 centímetros de uma linha de média tensão. Segundo técnicos da área, a distância de segurança em relação a linhas eléctricas nunca deve ser inferior a três metros. A empresa construtora e dona da obra tinha solicitado à EDP o desvio das linhas, mas decidiu avançar com os trabalhos sem a operação ter sido realizada, segundo afirmou João Mateus, representante da firma. A obra pertence à empresa ConstruTejo, da Póvoa de Santarém, que estava a construir uma vivenda uni-familiar para ser comercializada.Os últimos dados estatísticos disponíveis sobre acidentes de trabalho no distrito de Santarém reportam a 2002. Nesse ano morreram 12 pessoas. Às quais se juntaram quatro feridos graves. Do total dos 16 acidentados, seis exerciam funções em regime de contrato sem termo (efectivos) e 11 eram contratados a prazo. Segundo a IGT, em 2001 o cenário era muito mais negro, com um total de 33 acidentes, dos quais 23 resultaram na morte do trabalhador. Recorde-se que na edição de O MIRANTE de 30 de Setembro, o inspector da delegação de Santarém da IGT, Carlos Gabirro, referia que a incúria é um dos principais factores que estão na base dos acidentes de trabalho. Segue-se a falta de formação e a associação dos equipamentos de segurança à falta de virilidade.
Operário morre em acidente de trabalho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...