uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

O reboque e a sinistralidade rodoviária

Edição de 15.12.2004 | O Mirante dos Leitores
Parece que a prioridade em Santarém não é combater o estacionamento nas passadeiras e nos seus acessos, ou a não cedência de prioridade aos peões nas mesmas. Os automobilistas que não respeitam quem circula nas rotundas ou nas vias com prioridade, sinais vermelhos, sinais STOP, os limites de velocidade, etc... Todos sabemos que este clima de impunidade se reflecte nas nossas estradas. Bloqueiam-se viaturas por estarem em parte em cima de passeios onde não circulam peões como no parque junto à rua Nuno Velho Pereira mas, em contrapartida, ignora-se, por exemplo, o mau estacionamento no parque em frente ao Comando da PSP.Também é frequente ver-se no Cento Histórico da cidade viaturas a circular em ruas de trânsito proibido, em cima de passadeiras e passeios, até o estacionamento em rotundas, onde não se vislumbra qualquer agente que prefere o velho hábito de utilizar o “golpe de mão” e desaparecer, deixando outros em transgressão. Comungamos da opinião do alto responsável da Nação que diz ser necessário a mudança de atitude e mentalidade, não só do cidadão como dos Agentes, que deverão dar o exemplo. Não se pode colocar bloqueadores para quem estacione na paragem dos autocarros quando os Agentes da Autoridade estacionam as viaturas nos mesmos locais, sem ser em serviço. Não devemos esquecer que Santarém, como outras, é uma cidade onde todos se conhecem.Silvino Domingos (ACA-M) - Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...