uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Deficientes estreiam casa nova em Benavente

Deficientes estreiam casa nova em Benavente

CRIB abriu unidade antes da inauguração do ministro

As crianças e os jovens deficientes do CRIB já estão na sua casa nova. O apoio extraordinário da Câmara de Benavente foi uma prenda antecipada. A inauguração oficial será em Janeiro e com o ministro da Segurança Social.

Edição de 15.12.2004 | Sociedade
As crianças e jovens do Centro de Recuperação Infantil de Benavente estrearam a sua nova casa na terça-feira, 14 de Dezembro. Foi uma prenda de Natal antecipada. O centro abriu as portas graças ao apoio da Câmara que avançou com mais um subsídio extraordinário de 20 mil euros para a aquisição de mobiliário e equipamento.Os técnicos e directores da instituição têm em mãos uma lista de espera com 62 crianças e jovens dos concelhos de Benavente, Salvaterra de Magos e Coruche. Todos precisam de ajuda, mas nem todos serão contemplados porque o Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) tem uma capacidade inicial de 55 jovens.A direcção do CRIB pretende criar novas valências e quer construir um lar residencial para 16 utentes num terreno cedido pela câmara perto da nova sede. O centro ocupacional construído na Vila das Areias é um espaço amplo, iluminado, moderno e alegre. O equipamento está praticamente pronto há vários meses e a sua abertura tem estado dependente do financiamento da segurança social. Depois de uma visita do presidente do Centro Distrital de Segurança Social, António Campos, em Outubro, o processo deu um passo decisivo. O CRIB recebeu mais uma ajuda da segurança social e espera receber em breve a comparticipação em falta do Plano de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC). São mais de 143 mil euros.A inauguração oficial destas instalações esteve marcada para este mês e previa a presença do Ministro da Segurança Social, Fernando Negrão. A semana passada o gabinete do ministro informou da impossibilidade do governante estar em Benavente durante o mês de Dezembro e avançou com a possibilidade de inaugurar o centro em Janeiro. A data da cerimónia será confirmada nos próximos dias.A obra foi adjudicada por 780 mil euros (156 mil contos) e o PIDDAC garantiu 70 por cento do valor da adjudicação sendo os restantes 30 por cento assumidos pela Câmara Municipal de Benavente. O valor final será superior porque surgiram trabalhos a mais e correcções ao projecto inicial e, segundo o presidente do CRIB, António Fernandes ainda não está apurado o custo total da obra. Mas para além dos custos da construção há o equipamento. Só para a cozinha foram necessários 44 mil euros mais IVA e valeu a comparticipação de 90 por cento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (Feder) que infelizmente para o CRIB não contemplou todos os equipamentos. O ar condicionado, os alarmes e a carrinha de transporte dos utentes não tiveram direito a comparticipação deste fundo. Dívidas da DREL asfixiam instituiçãoA DREL (Direcção Regional de Educação de Lisboa) não está a transferir para o CRIB as verbas referentes ao financiamento da componente educação referente ao ano lectivo de 2003/2004 desde Maio. Os atrasos já somam mais de 25.500 euros (valor apresentado pela instituição). Esta situação tem causado enormes dificuldades de tesouraria que se traduzem no atraso no pagamento dos subsídios de Natal aos 14 funcionários. Só em salários, o CRIB tem uma despesa fixa de 12 mil euros mensais.O presidente da instituição, António Fernandes já escreveu uma carta à ministra da Educação que remeteu o assunto para a Drel, mas até ao momento não surgiram nem explicações nem o cheque tão esperado na instituição. O MIRANTE também tentou obter uma justificação para o atraso junto da Drel, mas em vão.Nelson Silva Lopes
Deficientes estreiam casa nova em Benavente

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...