uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Luz verde para mega aldeamento

Luz verde para mega aldeamento

Câmara de Torres Novas e Grupo Masa acertam protocolo para instalação de empreendimento turístico no concelho

Os termos do protocolo a celebrar entre a Câmara de Torres Novas e o consórcio espanhol que pretende construir um mega aldeamento turístico no concelho estão definidos e foram aprovados pelo executivo.

Edição de 15.12.2004 | Sociedade
A construção do centro educativo de Alcorochel/Brogueira e de um centro de dia na Lamarosa, freguesia de Olaia, são alguns dos compromissos que constam do protocolo a estabelecer entre a Câmara de Torres Novas e a empresa espanhola que pretende construir um mega aldeamento turístico em Boquilobo, freguesia da Brogueira. Em contrapartida, a câmara compromete-se a baixar a taxas municipais de urbanismo (TMU) após 500 habitações construídas, para além de reparar a estrada entre Cotoas e Boquilobo e de instalar o saneamento básico na zona. O prazo para cumprir estas cláusulas é fixado pelo número de habitações construídas.O protocolo que resulta de negociações anteriores com a empresa empreendedora, o Grupo Masa, sediado em Valência, foi aprovado na reunião do executivo camarário torrejano na terça-feira, dia 14. O único voto contra foi do vereador da CDU, Carlos Tomé, para quem o projecto é megalómano e poderá descaracterizar as freguesias limítrofes e o próprio concelho (ver edição de O MIRANTE de 9 de Dezembro).João Quaresma, do PSD, tal como os vereadores socialistas, aprovou o protocolo. O social-democrata tinha votado contra a elaboração do plano pormenor que poderá permitir a construção do empreendimento, mas alterou o seu sentido de voto porque os pressupostos que considerava necessários foram entretanto cumpridos. A aprovação do PSD pode também contribuir para que os empreendedores continuem a considerar Torres Novas como primeira opção para a construção deste grande aldeamento. Desde o início das negociações que o Grupo Masa deixou claro que pretendia obter consenso entre as forças políticas com representação autárquica no município torrejano, principalmente as mais significativas, no caso o PS e o PSD.
Luz verde para mega aldeamento

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...