uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Tributo ao mérito

Tributo ao mérito

No aniversário do concelho do Cartaxo distinguiram-se personalidades e instituições

A Câmara do Cartaxo homenageou, no dia do 189º aniversário do concelho, algumas das individualidades e instituições que ajudaram a promover a terra além-fronteiras.

Edição de 15.12.2004 | Sociedade
Os ex-ciclistas José Maria Nicolau, Alfredo Trindade, Francisco Valada e Marco Chagas a par do Externato Marcelino Mesquita, do Rancho Folclórico “Os Campinos” de Vila Chã de Ourique de Carlos Santos foram as personalidades e instituições distinguidas, algumas a título póstumo, com a medalha de mérito municipal da Câmara do Cartaxo. A sessão solene decorreu na noite de sexta-feira durante a cerimónia de comemoração dos 189 anos de elevação do Cartaxo a concelho, com o salão nobre da autarquia a rebentar pelas costuras.Numa cerimónia abrilhantada pelos elementos do Coro Pintafónico da Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta, os quatro antigos ciclistas nascidos no concelho do Cartaxo foram distinguidos por, entre outros feitos, terem conquistado para o Cartaxo um total de nove Voltas a Portugal em Bicicleta. Três gerações diferentes de corredores com acções relevantes em prol da promoção e divulgação do ciclismo no Cartaxo, no país e no estrangeiro. José Maria Nicolau venceu duas Voltas a Portugal (1931 e 1934) pelo Benfica. As mesmas que Alfredo Trindade (Sporting - 1932 e 1933). Francisco Valada fez o gosto ao pedal na mesma competição mais de três décadas depois, em 1966, enquanto a década de 80 foi dominada por Marco Chagas, com quatro triunfos na máxima competição portuguesa (1982, 1983, 1985 e 1986). Foi José Nicolau, neto de José Maria Nicolau, que recebeu a homenagem póstuma (o avô faleceu em 1969). Em 2003 já havia fundado o Clube de Ciclismo José Maria Nicolau em parceria com o Grupo Desportivo de Pontével, colectividade que forma ciclistas nas categorias de iniciados, infantis, juvenis, cadetes e juniores. Alfredo Trindade Viria a falecer em 1977 mas o seu nome também foi lembrado pelos inúmeros troféus conquistados. A mesma notoriedade deu Francisco Valada ao Cartaxo, com a participação nos Jogos Olímpicos de Roma (1960), em que ficou no 72.º lugar, e Marco Chagas com a vitória na Volta à África do Sul, em 1976.No discurso de abertura, a presidente da Assembleia Municipal do Cartaxo, Ana Benavente (PS), salientou o sentimento de pertença em relação à terra, reforçado por quem representa o concelho e lhe dá uma identidade, como no caso dos antigos ciclistas e do Rancho Folclórico de Vila Chã de Ourique.Fundado a 19 de Abril de 1936, o rancho conta com 63 anos de serviços prestados na área da cultura e divulgação dos valores e tradições do concelho do Cartaxo. Os elementos do grupo compareceram na sessão solene trajados a rigor.A obra do Externato Marcelino Mesquita foi reconhecida e aplaudida por todos. O colégio foi fundado em 1937 por António Antunes Pires e, até 1999, por lá passaram centenas de estudantes do concelho do Cartaxo, tendo o estabelecimento desempenhado um papel fundamental no trajecto académico e profissional de quem o frequentou.O líder da autarquia, Paulo Caldas (PS), reforçou a ideia e destacou o papel das pessoas e entidades distinguidas. Realçou o papel do Externato Marcelino Mesquita, que possibilitou que muitas crianças tivessem acesso à educação no Cartaxo, e de Carlos Santos, destacando as suas qualidades de cidadão consciente, crítico e atento ao seu concelho.Falecido em Julho deste ano, quando tinha meio século de vida, Carlos Santos, engenheiro técnico agrário nascido no Cartaxo, foi responsável, no entender da câmara, pelo desenvolvimento e fortalecimento da vitivinicultura ribatejana e pelo envolvimento nas edições da festa do Vinho do Cartaxo e do Cartaxo, Capital do Vinho.
Tributo ao mérito

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...