uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

João Mourinha despedido no Coruchense

Direcção justifica com sequência de maus resultados
Edição de 22.12.2004 | Desporto
O treinador João Mourinha foi despedido do Coruchense. Após a derrota 1-0 sofrida no domingo em Tomar, a direcção do clube de Coruche reuniu e decidiu despedir o treinador. Como justificação para a sua decisão a direcção apontou a sequência de maus resultados e o facto de ter conhecimento de que os jogadores não estavam com João Mourinho.O presidente do Coruchense, Joaquim Capricho, garantiu a O MIRANTE que, “os fracos resultados que a equipa estava a conseguir, o mau jogo que protagonizava, principalmente quando jogava fora, foram a gota que fez transbordar o copo e nós decidimos prescindir do treinador”.Por sua vez, João Mourinha garantiu que lhe custa entender este despedimento. “Não é verdade que os jogadores não estivessem comigo, os objectivos de manutenção estavam a ser completamente atingidos, por isso fiquei perplexo quando me comunicaram que prescindiam dos meus serviços”.“Saio triste porque dei o meu melhor ao clube e com pena por não me darem oportunidade de atingir aquilo a que me propus, que foi conseguir um lugar entre os cinco primeiros, situação que estava completamente ao alcance da equipa”, garantiu João Mourinha, que acrescentou ainda que esta sua passagem pelo Coruchense acabou por ser positiva, “principalmente porque desmistificou a imagem que eu tinha de treinador caro”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...