uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Seis anos de êxitos sucessivos

Seis anos de êxitos sucessivos

Abrantes Futebol Clube comemora sexto aniversário

O Abrantes Futebol Clube comemorou no dia 15 o seu sexto aniversário. Numa entrevista a O MIRANTE, o presidente do clube, Alberto Lopes, apontou como grande objectivo a subida do clube à Divisão de Honra até 2010.

Edição de 22.12.2004 | Desporto
Cerca de 250 pessoas participaram na quarta-feira, dia 15 de Dezembro, no jantar comemorativo do 6º aniversário do Abrantes Futebol Clube. Cerimónia que serviu também para entregar distinções a personalidades e instituições que têm vindo a distinguir-se na vida do clube. Durante as várias intervenções proferidas no final do repasto, foi colocado em realce tudo o que o Abrantes Futebol Clube tem feito pela valorização do desporto e, notoriamente, do futebol regional a nível nacional. “Foram seis anos de êxitos sucessivos, que levaram a uma ascensão meteórica, da segunda divisão distrital ao nacional da segunda divisão B, um feito de que não há memória em Portugal”, afirmou o presidente da direcção do Abrantes Futebol Clube, Alberto Lopes.Antes do início do jantar, em declarações a O MIRANTE, Alberto Lopes, recordou que o clube, que nasceu no dia 14 de Dezembro de 1998, surgiu da determinação de um grupo de seis abrantinos ligados ao fenómeno desportivo que, em conjunto com a câmara municipal da cidade, entenderam ser necessário dinamizar um clube dedicado ao futebol sénior, que pudesse dar resposta competitiva ao complexo desportivo que estava a ser construído na cidade.“A dinâmica imprimida por essas pessoas ao clube conseguiu congregar rapidamente muitas vontades de instituições, empresas e pessoas, em redor do clube e de um projecto que tem crescido, às vezes mais do que o esperado”, referiu Alberto Lopes.Nesta altura, dos membros fundadores do Abrantes Futebol Clube, apenas duas se encontram no activo. São elas Nuno Pedro, que o presidente considerou a alma do futebol. “Muito do êxito que temos tido se deve ao Nuno, que é já uma pessoa respeitada nos meandros do futebol regional e nacional”, acrescentou.A outra é Miguel Roldão, que Alberto Lopes define como pessoa de uma dedicação inexcedível. Felizmente a renovação dos quadros directivos tem sido muito fácil. Os que têm entrado de novo conseguem assimilar com facilidade a dinâmica de vitória do clube.A ascensão do Abrantes, por ter sido quase meteórica, tem provocado alguns desequilíbrios financeiros. “Quando passámos dos distritais para o nacional não conhecíamos o valor do grau de competitividade da terceira divisão. Quando nos reforçámos foi com a ideia de garantir a manutenção, mas acabámos logo por dar o salto para a segunda B. Este ano está a passar-se precisamente a mesma coisa. Os objectivos a que nos propusemos estão a ser conseguidos, mas com muita qualidade. Talvez pudéssemos ser um pouco menos exigentes connosco próprios”, referiu Alberto Lopes.O Abrantes Futebol Clube, que venceu sucessivamente os campeonatos distritais da segunda e primeira divisão, a Taça do Ribatejo, a Supertaça “Dr. Alves Vieira”, e também os campeonatos distritais de juniores da segunda e primeira divisão distrital, com as consequentes subidas aos nacionais.Alberto Lopes reconhece que o apoio da Câmara Municipal de Abrantes e as parcerias com empresas têm sido fundamentais. O projecto de solidificar o clube e colocá-lo na Liga de Honra até 2010, está de pé, mas Alberto Lopes, garante que mais importante do que isso é que, época após época, o clube seja gerido com grande rigor orçamental, cumpra com as suas obrigações, porque isso ajuda sempre na altura das contratações e possibilita fazer coisas bonitas.Antes da criação do Abrantes Futebol Clube a cidade não tinha qualquer referência no futebol sénior. Foi essa lacuna que o clube colmatou e por isso o actual presidente garante que não se corre o risco de haver qualquer retrocesso na vida do Abrantes. “Existe uma grande unidade entre todos os dirigentes, os que aqui estão e os que já por aqui passaram, todos puxam para o mesmo lado, não há qualquer problema de continuidade”.Também no futebol o planeamento futuro está a ser feito com pés e cabeça. “Temos um protocolo de colaboração e de grande amizade com o Abrantes e Benfica, que, como é do conhecimento geral, tem uma excelente escola de futebol, onde vamos buscar os jovens que passam para os juniores e fazemos um prospecção no distrito, que visa trazer jovens para o clube, ao nível dos juniores, e isso também já está a ter êxito, dois jogadores desse escalão são normalmente convocados para os seniores”, referiu Alberto Lopes.Ao nível associativo e apesar do número de sócios ter vindo a crescer, o presidente assume que os actuais mil e trezentos sócios são poucos para o clube e para a cidade. “Tenho muita esperança de que com uma maior agressividade, com o lançamento do nosso site, que ficou on-line no dia 14 de Dezembro e com uma melhor divulgação dos nossos êxitos vamos conseguir unir ainda mais os abrantinos em nosso redor. Queremos fazer do Abrantes Futebol Clube, um clube de referência no futebol distrital e nacional”, referiu Alberto Lopes.“Neste momento somos já o grande embaixador do concelho de Abrantes ao nível nacional e mesmo no estrangeiro. Ainda o ano passado fomos vencer um torneio ao Luxemburgo e vencemos no campo desportivo e social. Queremos para já ser a bandeira do concelho, se pudermos vir a ser do distrito tanto melhor”, garantiu o presidente no final.As distinções entregues a elementos das equipas do Abrantes foram para Rui Sousa, júnior do ano; Telmo, jogador sénior do ano; Pedro Roldão, jogador revelação; Afonso, prémio carreira; Santana, prémio dedicação. Foi também distinguida a equipa técnica dos juniores chefiada por Nuno Constantino, e alguns sócios e dirigentes que passaram pelo clube.
Seis anos de êxitos sucessivos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...