uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Pôr as mulheres mais bonitas

Pôr as mulheres mais bonitas

Andreia Gatões é maquilhadora profissional em Tomar

Quando era pequena passava horas ao espelho, a “embonecar-se” com os produtos de beleza da mãe. Hoje, aos 24 anos, Andreia Gatões abriu em Tomar o StudioGlam, tornando-se na primeira maquilhadora profissional da cidade.

Edição de 22.12.2004 | Identidade Profissional
Andreia Gatões é ainda uma jovem, mas sabe bem o que quer da vida e já trilhou o seu percurso, em termos profissionais. Aos 24 anos a residente em Tomar inaugurou o primeiro estabelecimento comercial da cidade vocacionado para a maquilhagem.Quando acabou o ensino secundário Andreia Gatões já tinha decidido que queria ter uma profissão ligada ao mundo da beleza, particularmente da maquilhagem. Só não sabia como fazê-lo, uma vez que ainda não há cursos superiores nesta matéria.A solução passou-lhe diante dos olhos quando folheava uma revista, onde se fazia publicidade a um curso de maquilhador dado por um dos três “gurus” do meio – Sérgio Alxeredo, maquilhador, por exemplo, de toda a equipa das Produções Fictícias, de Herman José.Em 2001 pagou cerca de 1500 euros por duas semanas a aprender com o professor. Gostou, mas confessa que esperava um pouco mais. “Aprendi a técnica mas acho que a parte criativa, o talento, já é nosso, é inato”, diz a jovem, acrescentando também que duas semanas “é pouco tempo” para se aprender a colocar uma base, um corrector, enfim, tudo o que é necessário para uma maquilhagem perfeita.A experiência valeu-lhe um estágio nos bastidores de vários programas de televisão, desde o Herman Sic ao Big Brother, passando por tratar da maquilhagem aos actores da novela nacional Fúria de Viver.Mas quis aprender mais. E um ano depois ingressou num segundo curso, dado por outro especialista na matéria. Desta vez, não deu por mal empregue os 1500 euros que pagou por um curso de quatro semanas no ateliê de Antónia Rosa, que lhe deu um contributo muito positivo, particularmente no que respeita à maquilhagem de moda. No final, o estágio foi feito na Moda Lisboa e em alguns desfiles.Apesar de estar em Lisboa, todos os fins de semana eram passados em Tomar e acabava sempre por fazer algum trabalho nessas alturas. A amigas, conhecidas, noivas e acompanhantes.E foram as suas clientes de Tomar que a “empurraram” para mais uma aventura – abrir na cidade um estabelecimento vocacionado para a maquilhagem. Andreia amadureceu a ideia e no último sábado acabou por concretizá-la, abrindo a StudioGlam, na zona histórica da cidade.Diz que gosta tanto do que faz que às vezes até se esquece que tem de cobrar dinheiro aos clientes. Muito menos que em Lisboa, porque a região ainda não está familiarizada com este tipo de profissão.E como é que se consegue pôr bonita uma pessoa feia? Andreia responde diplomaticamente. “Toda a gente tem algo de bonito e a maquilhagem consegue sempre disfarçar o que há de mau numa cara e realçar o que de mais bonito tem. É para isso que estou aqui”.Ficar bonita nem parece ser assim tão difícil. Ás vezes basta apenas pequenos truques, como tirar alguns pêlos das sobrancelhas.Mas para a maquilhadora há uma coisa essencial. A pele tem de estar bem cuidada. “Um rosto pode ser bonito mas se a pele estiver estragada não há olhos ou boca maquilhada que lhe valha”, diz, adiantando que o rosto é como uma pintura – “quando um pintor pinta um quadro não começa com a tela suja, pois não?”.Andreia Gatões desmistifica a tese de que a maquilhagem, usada diariamente, estraga a pele. “Pelo contrário, hoje em dia, os produtos de beleza, as bases, as máscaras, já funcionam como tratamento de rosto. Os próprios batons têm já vitaminas”, refere.Para a maquilhadora cada vez as pessoas dão mais importância ao aspecto. E um aspecto bem cuidado pode fazer a diferença numa entrevista para um emprego, por exemplo.O problema, diz Andreia, é que uma boa parte das pessoas não sabe onde se pode dirigir para tratar do seu rosto. As mulheres optam pelas cabeleireiras e esteticistas e os homens, simplesmente, não vão. Sim, porque no estabelecimento de Andreia os homens também podem ficar mais bonitos e cuidados. “Tenho uma gama de produtos só dirigida ao sexo masculino”.Apesar de a maior parte dos homens ainda não estar muito receptivo no que toca a tratar da pele, há mulheres que também ainda têm muito que aprender – “algumas nunca se maquilharam na vida”. É por isso que Andreia Gatões vai começar também a dar aulas de formação no se ateliê. Para que todas as mulheres saibam pôr um baton ou um rímel.As grandes clientes da maquilhadora têm sido, até agora, as noivas. Porque não há dia mais especial que o do casamento. E todas, sem excepção, querem ir deslumbrantes.Margarida Cabeleira
Pôr as mulheres mais bonitas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...