uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Orçamento chumbado com voto de qualidade

Maioria social-democrata da Assembleia de Freguesia de São João Baptista não se entende
Edição de 29.12.2004 | Política
Mais uma vez, o Orçamento para 2005 da Junta de Freguesia de São João Baptista, Tomar, foi chumbado. Tudo porque três dos seis membros da maioria relativa social-democrata não compareceram na assembleia, dando um trunfo precioso e inesperado aos sete membros da oposição - três independentes e quatro do PS.O voto favorável dos três deputados do PSD presentes e a abstenção dos independentes e de um membro do PS levaram a um empate técnico. Foi ao presidente da mesa da assembleia de freguesia, o independente Francisco Madureira, que coube desempatar. Graças ao seu voto de qualidade, o autarca ajudou a chumbar o orçamento apresentado.Em declarações ao nosso jornal o presidente da mesa justificou o seu voto pelo facto de, mais uma vez, haver verbas inscritas em rubricas erradas. “As transferências de capital vinham colocadas numa rubrica errada, tal como aconteceu no ano passado”.E no ano passado, o Orçamento para 2004 também foi inicialmente chumbado, tendo depois o presidente da junta rectificado o documento e colocando os valores nas rubricas certas. O que levou a que fosse aprovado numa fase posterior.Desde que José Bragança (PSD) assumiu a presidência da junta de freguesia, em 2001, que têm existido conflitos entre os membros que compõem o executivo e também os eleitos da assembleia de freguesia.José Bragança tem vindo a fazer várias acusações, nomeadamente no que respeita a alegadas ilegalidades cometidas pelo anterior executivo, tendo entregue documentos na Polícia Judiciária de Leiria, que está ainda a investigar o processo.O presidente da concelhia de Tomar do PSD e também vereador na câmara municipal, Carlos Carrão, afirma não querer imiscuir-se no dia a dia da junta, embora admita ter conhecimento oficioso de algum descontentamento entre os membros daquela autarquia.Para tentar perceber o que se passa Carlos Carrão disse a O MIRANTE que irá no início do ano agendar uma reunião com os eleitos do PSD, quer na junta quer na assembleia.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...