uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Relvas e Mesquita lideram PSD e CDU

Partidos vão definindo listas por Santarém às próximas legislativas

Os partidos vão apresentando os candidatos às eleições legislativas de 20 de Fevereiro. Por Santarém já é certo que Miguel Relvas e Luísa Mesquita vão encabeçar as listas do PSD e da CDU.

Edição de 29.12.2004 | Política
O secretário-geral do PSD, deputado e presidente da Assembleia Municipal de Tomar, Miguel Relvas, é o número um da lista do partido pelo círculo eleitoral de Santarém às eleições legislativas de 20 de Fevereiro. O anúncio foi feito segunda-feira.Em anos anteriores, o partido “laranja” tem recorrido a figuras nacionais para liderar a lista em Santarém. Uma opção que deixou de fazer sentido já que Miguel Relvas é actualmente um dos homens fortes do PSD. Nas últimas legislativas foi segundo da lista.Miguel Relvas foi escolhido pelo actual primeiro-ministro e presidente do partido, Pedro Santana Lopes, para suceder a Morais Sarmento, que vai encabeçar a lista social-democrata por Castelo Branco.No mesmo dia, a CDU anunciou a escolha da deputada do PCP e vereadora da Câmara de Santarém, Luísa Mesquita, para liderar a lista da Coligação Democrática Unitária pelo círculo de Santarém.A opção da Coordenadora Regional de Santarém da CDU também não constituiu surpresa. Luísa Mesquita foi cabeça de lista da CDU em anteriores eleições legislativas e conseguiu sempre resultados satisfatórios para a coligação, que garantiu sempre a eleição de um deputado e não perdeu tantos votos como noutras zonas do país.O recurso pela CDU a Luí-sa Mesquita já havia ocorrido nas últimas eleições autárquicas, quando a deputada liderou a lista à Câmara de Santarém e ajudou a aumentar a representação da coligação no executivo escalabitano de um para dois vereadores.A CDU anunciou ainda que o mandatário para o distrito de Santarém será o economista e eurodeputado Sérgio Ribeiro, residente em Ourém.Certa é também a escolha de Joana Amaral Dias para encabeçar a lista do Bloco de Esquerda, substituindo o médico Filipe Rosas.Entre os socialistas o anúncio oficial das listas em todo o país está marcado para 3 de Janeiro. O ex-ministro Correia de Campos e o deputado Jorge Lacão, que chegou a ser dado como certo em Lisboa, são as opções mais badaladas para número um. A vereadora da Câmara de Santarém Idália Moniz e a vereadora da Câmara de Alcanena Fernanda Asseiceira vão garantir o cumprimento da quota feminina nos lugares designados por elegíveis, devendo ficar posicionadas até ao sexto lugar. O deputado Nelson Baltazar, o presidente da distrital socialista Paulo Fonseca e o presidente da Câmara de Abrantes Nelson Carvalho são outros nomes apontados. No CDS/PP, deverá ser uma figura de topo do partido a abrir a lista, não surpreendendo que seja António Pires de Lima, que repetiria a candidatura de 1999. Tal como em eleições anteriores, o líder da distrital, Herculano Gonçalves, deverá entrar como número dois.Nas últimas legislativas, o PS foi o partido mais votado no círculo eleitoral de Santarém, obtendo 38,4 por cento dos votos e elegendo quatro deputados.Em 2002, o PSD conseguiu igualmente quatro deputados por Santarém (correspondentes a 38,1 por cento dos votos), a CDU um e o CDS-PP também um deputado.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...