uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Alcatrão só chega para o ano

Alcatrão só chega para o ano

Moradores da Rua Aristides Sousa Mendes reclamam há 17 anos

Há 17 anos à espera de alcatrão na rua onde moram, os residentes da Rua Aristides de Sousa Mendes estão fartos de sucessivas promessas. O asfaltamento talvez chegue em Janeiro.

Edição de 29.12.2004 | Sociedade
Os moradores da rua Aristides de Sousa Mendes, na periferia de Santarém, não se esqueceram das promessas da Câmara de Santarém e no dia 23 de Dezembro fizeram questão de recordar que o anunciado alcatroamento da via, esperado até final de 2004, vai ficar por cumprir.“Prometeram até final do ano. Mas qual ano?”, interrogam-se os moradores com quem falámos que dizem já não estar disponíveis para voltar a contactar a câmara sobre o assunto. “As pessoas que lá estão não sabem aquilo de que as pessoas necessitam? Alguém os obrigou a ir para lá?”, pergunta José Azenha perante a concordância do vizinho António Venâncio.Há cerca de 17 anos que a guerra dos moradores com a câmara pelo asfaltamento da rua se iniciou. Ainda era presidente Ladislau Botas. Desde aí, nem uma pinga de alcatrão ali caiu. Também não há passeios nem há valetas. O único sinal positivo naquele troço que não chega a ter um quilómetro surgiu no Inverno passado, quando foi colocada a rede de saneamento básico. E mesmo assim as águas residuais de algumas moradias continuam a ser despejadas na rua.“O presidente da câmara e os vereadores é que deviam passar aqui todos os dias”, reclama José Azenha, apontando para o chão irregular e esburacado. A via foi alargada por alturas da colocação do saneamento, tendo alguns moradores, inclusivamente, doado terreno à autarquia para esse fim.A paga é que não foi a mais agradável. Pelo menos até à data. “Já nem pedimos os passeios, mas pelo menos que nos ponham aqui alcatrão”. Resta saber quando. As informações que os moradores têm sobre as possíveis obras foram-lhes dadas por um empreiteiro, que lhes garantiu que os trabalhos já tinham sido adjudicados.O vice-presidente da Câmara de Santarém e responsável pelo pelouro das obras municipais, Manuel Afonso (PS), confirma essa informação a O MIRANTE e reconhece que a empreitada já não vai começar em 2004.“Já foi seleccionada a empresa, que é a mesma que ali colocou o saneamento e portanto até conhece bem o terreno. Tudo aponta para que as obras de pavimentação e colocação de passeios possam começar em Janeiro”, declarou.O autarca diz que a câmara gostava de ter feito a pavimentação daquela artéria na mesma altura das obras de saneamento, mas que tal não foi possível devido aos necessários procedimentos burocráticos que têm de ser observados nestes casos.
Alcatrão só chega para o ano

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...