uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

O santo mártir

Imagem de São Vicente está na igreja da localidade
Edição de 05.01.2005 | O poder local aqui tão perto
O nome da freguesia de S. Vicente do Paúl está ligado à história de um diácono que foi perseguido e morreu. E foi depois da sua morte que o culto se desenvolveu e espalhou. Conta-se que São Vicente tinha nascido em Huesca. Foi perseguido por Daciano, perfeito de Roma, que o arrastou sobre grilhões para Valência. Ali foi metido numa masmorra. Ao longo de muitos dias enfrentou duras torturas, com açoitamentos, flagelação das carnes e provas de fogo. Os castigos acabaram por o levar à morte. Para evitar o culto das relíquias, o perfeito Daciano deu ordem aos seus soldados para lançarem o corpo de Vicente num pântano. Onde dois corvos serviram de guardiães, evitando que outros animais se alimentassem do seu corpo. As aves estão presentes no brasão da freguesia.Ao saber disso, Daciano mandou então atar uma mó ao corpo do diácono e ordenou que o atirassem ao mar. Só que o corpo do santo acabou por aportar na praia. Uma mulher que passava no areal reconheceu o corpo e o culto espalhou-se de imediato pelo povo. Foi no ano de 313 que foi concedida a liberdade de culto aos cristãos, desenvolvendo-se assim a devoção à volta de São Vicente.A evocar o mártir no brasão da freguesia, para além dos dois corvos, está também o desenho de uma nau, em memória da embarcação que transportou o corpo de São Vicente.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...