uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Adeus liderança

Ouriquense empatou (1-1) com União de Santarém e perdeu primeiro lugar

Pela primeira vez desde a quarta jornada, altura em que assumiu a liderança na I Distrital, o Ouriquense deixou o comando do campeonato. No domingo, frente ao União de Santarém, a equipa mostrou que está numa fase má, e não conseguiu melhor que um empate a um golo. Os unionistas também não conseguiram aproveitar a vantagem numérica que tiveram durante meia hora.

Edição de 12.01.2005 | Desporto
Ouriquense e União de Santarém protagonizaram este domingo, no Estádio Municipal do Cartaxo, uma partida interesse mas sem grande espectáculo, com os jogadores a empenharem-se mas sem conseguirem jogadas de grande perigo junto de uma ou outra baliza.E o jogo até começou por prometer. O Ouriquense, que até esta jornada era um dos líderes da prova, marcou logo aos cinco minutos, ainda as equipas estavam a adaptar-se uma à outra.A jogada começou no lado direito, com Marco Neves a escapar a Artur e a fazer o cruzamento para a pequena área. O guarda-redes Sérgio fez uma defesa incompleta e a bola foi parar aos pés de César Costa que não se fez rogado e inaugurou o marcador.O União de Santarém reagiu. O quarteto ofensivo formado por Pimenta, Mário Nelson, Hugo Afonso e Paulo Ribeiro trocava bastante de posições, o que causava alguma dificuldade ao último reduto do Ouriquense.A resposta surgiu aos 26 minutos. Paulo Ribeiro desmarcou Mário Nelson, que corria isolado para a baliza quando Sidney o derrubou, já dentro da grande área. O árbitro assinalou de pronto a grande penalidade, mas causou estupefacção geral ao mostrar apenas o cartão amarelo ao lateral esquerdo da equipa da casa. Mário Nelson ia isolado, só tinha Gonçalo para frente e a cor do cartão só podia ser uma: o vermelho. Depois de alguns protestos, foi o próprio Mário Nelson a igualar a partida.Os visitantes estiveram perto de marcar aos 40 minutos mas desta vez valeu a saída corajosa de Gonçalo. Hugo Afonso escapou à defesa contrária, mas o guardião do Ouriquense cortou-lhe o caminho e deu o corpo à bola evitando que a sua equipa fosse a perder para o intervalo.A segunda metade começou quase da mesma forma como terminou a primeira. Hugo Afonso, desta vez de fora da área, aplicou um violento remate que rasou o poste da baliza de Gonçalo, que, desta vez, pouco ou nada podia fazer.O jogo entrou então numa fase mais quezilenta, com o árbitro a distribuir vários cartões amarelos pelos jogadores de ambas as equipas. A 25 minutos do final do tempo regulamentar, Alcobia, que fez a sua estreia oficial pelo Ouriquense, depois de se ter transferido do Cartaxo, viu a segunda cartolina amarela por uma entrada mais dura e a equipa de Vila Chã de Ourique jogou quase meia hora com menos um jogador.Mas os escalabitanos não souberam aproveitar a vantagem numérica. A jogada mais perigosa surgiu a dez minutos do fim. Mário Nelson escapou bem à defesa adversária mas na altura decisiva falhou o passe para Pedro Silva que estava sozinho ao segundo poste e tinha tudo para “facturar”.A resposta do Ouriquense veio na jogada seguinte. Bonifácio, sozinho junto ao poste da baliza de Sérgio, falhou escandalosamente o cabeceamento, para desespero seu, dos colegas, da equipa técnica e dos adeptos da equipa.O final do jogo veio pouco depois, com o empate a ficar para a história. No fundo foi um resultado justo, embora o União de Santarém tivesse um natural domínio na segunda parte, uma vez que jogou cerca de meia hora com um jogador a mais.O trio de arbitragem esteve bem no capítulo técnico, mas disciplinarmente deixou a desejar. Além da cartolina amarela no lance da grande penalidade, onde Felipe Lascas pecou por defeito, noutros lances errou por excesso, mostrando cartões em situações normais. O auxiliar Rodrigo Teles também abusou do zelo, castigando um excesso verbal de João Costa, delegado do União de Santarém, e deixando passar em claro outras linguagens impróprias mesmo na sua frente.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...